Lugares brasileiros para viajar: 10 destinos que você precisa conhecer

Uma tarefa ingrata é listar os melhores lugares brasileiros para viajar. Centenas de cidades do Brasil possuem cenários dignos de cartões postais e merecem uma visita.

Em qualquer época do ano, é possível encontrar um destino surpreendente, que ficará em sua memória o resto da vida.

Confira uma lista de 10 lugares brasileiros para viajar:

Chapada Diamantina (BA)

Nós poderíamos listar inúmeras cidades do litoral baiano que você deve conhecer o ano todo.

Mas, na tentativa de sair do óbvio, lembramos do pôr do sol no alto do Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina (BA).

A região faz parte do Parque Nacional da Chapada Diamantina e tem natureza para todo gosto. É um dos melhores locais do Brasil para se fazer ecoturismo. Sem dúvidas, é um dos mais belos. Sem contar na infraestrutura turística pronto para recebê-lo.

Uma forma de explorar a Chapada é fixar base em Lençóis, único aeroporto da região. Nas redondezas, também há outras cidades que se destacam na recepção aos viajantes, como Mucugê, Vale do Capão, Igatu e Ibicoara.

Se você quer economizar tempo de deslocamento, pode ser interessante utilizar diferentes bases, já que a região possui 38 mil km².

A Chapada possui mais de 360 cachoeiras catalogadas. Em uma área extensa, é improvável que você conheça tudo. Além das cachoeiras, há diversas grutas, com paredões rochosos que possibilitam a prática de rappel ou escalada.

Pensando nisso, veja alguns dos principais pontos turísticos da Chapada são:

  • Vale do Pati, que é um dos mais belos trekkings do Brasil;
  • Cachoeira da Fumacinha;
  • Cachoeira do Mosquito;
  • Cachoeira do Sossego;
  • Cachoeira do Buracão;
  • Cachoeira da Fumaça;
  • Gruta da Pratinha;
  • Poço Encantado;
  • Gruta Azul;
  • Poço Azul. 

Não sabe a melhor época para explorar um dos melhores locais do Brasil? Há diversas possibilidades.

Entre novembro a janeiro, as chuvas de verão estão presentes, o que pode deixar as cachoeiras mais exuberantes. Entre março e maio, a Chapada Diamantina estará mais verde, e entre maio e setembro, quase não chove. 

Foz do Iguaçu (PR)

Um dos melhores locais do Brasil que merece uma viagem é Foz do Iguaçu.

Localizada na divisa entre Brasil, Paraguai e Argentina, a cidade paranaense possui uma das 7 maravilhas do mundo: as Cataratas do Iguaçu.

Foz do Iguaçu é um local encantador, cheio de belezas naturais e misturas étnicas, com ótimo custo-benefício. Dentre as inúmeras opções de passeio, não deixe de conhecer:

  • O Parque Nacional do Iguaçu, que possui um lado brasileiro e um lado argentino (ambos valem a viagem) e dão diferentes ângulos das Cataratas;
  • Marco das Três Fronteiras (ponto de separação de Brasil, Paraguai e Argentina); 
  • Parque das Aves;
  • Templo Budista;
  • Usina de Itaipu.

Você ainda pode aproveitar o passeio para conhecer Ciudad del Leste, no Paraguai, e Puerto Iguazu, na Argentina.

Basta um ônibus e pouca burocracia para entrar. Não se esqueça de colocar o passaporte na mala (mas basta uma identidade nova, porque os países integram o Mercosul).

Olinda-Recife (PE)

A dobradinha pernambucana é um dos melhores locais do Brasil situados no nordeste. E não falamos isso por causa do Carnaval, um dos mais famosos do mundo.

O carnaval é intenso, claro, mas a cultura brasileira respira de todas as formas em Olinda e Recife.

Em Olinda, as ladeiras são cheias de igrejas antigas e fachadas dos séculos XVIII e XIX. A caminhada pelo Centro Histórico, na Cidade Alta, é um encontro com o passado.

Se estiver passando pelo local, não deixe de visitar o mirante, que dá uma vista única para o oceano. Aproveite também as barraquinhas com comidas típicas, as feiras de artesanato, e os bares.

Na orla, os ares praianos e urbanos se mesclam. As praias do Milagres, Carmo e Farol são as mais famosas.

Recife também é um local encantador. Lindas praias paradisíacas, povo acolhedor e muita cultura dão o tom da cidade. Algumas praias, como a Boa Viagem, devem ser apreciadas com cuidado, devido à presença de tubarões.

Além das praias, não deixe de ir ao Marco Zero, rodeado de bares, ao Museu Cais do Sertão, e ao Instituto Ricardo Brennand. E, claro, vale a pena reservar um tempo para passear pelo Recife Antigo.

Serra Gaúcha (RS)

Canela, Gramado, Bento Gonçalves, Vale dos Vinhedos, Nova Petrópolis. A Serra Gaúcha é um dos melhores locais do Brasil para se fazer uma viagem. Preparada para o turismo, a região é um pedacinho da Europa em terras tupiniquins.

Há muita influência da arquitetura alemã, da gastronomia italiana e outras culturas que fizeram parte da construção brasileira.

Em Canela, você encontra opções de lazer, atrativos turísticos e lindas paisagens naturais. Não deixe de conhecer a Catedral da Pedra, o Parque Estadual do Caracol, com a Cascata do Caracol, e os Bondinhos Aéreos.

E uma ótima notícia: o custo de alimentação por lá é bastante honesto (o que não se pode dizer da hospedagem).

Quando se fala de Gramado, estamos falando em um dos destinos que se mantém no topo dos mais visitados do Brasil.

No ano passado, por exemplo, esteve na segunda posição Travelers’ Choice do TripAdvisor. É considerado o melhor destino de inverno do Brasil. O que não quer dizer que em outras épocas a cidade seja menos disputada.

Pelo contrário, o Natal Luz de Gramado é um dos mais concorridos do calendário. A cidade fica toda temática, com espetáculos como o Acendimento de Luzes, no Palácio dos Festivais.

Se você é fã de cinema, o Festival de Cinema de Gramado acontece em agosto. Em qualquer época, não deixe de dar um pulo no Mini Mundo, no Lago Negro, no Gramado Zoo.

Já ao redor das duas cidades, você pode se interessar por fazer o Roteiro da Uva e do Vinho em Bento Gonçalves e Vale dos Vinhedos.

É possível alugar um carro em Gramado para fazer tais destinos, mas também vale pegar uma agência turística para realizá-los. Lembre-se do passeio de Maria Fumaça de Bento Gonçalves, inclusive. É uma imersão na cultura italiana.

Se você está procurando romantismo, atrações turísticas e experiências gastronômicas inesquecíveis, a Serra Gaúcha é, certamente, um dos melhores locais do Brasil.

Lençóis Maranhenses (MA)

Integrante da Rota das Emoções (roteiro concebido pelo Sebrae para incentivar o turismo na região), os Lençóis Maranhenses são um destino surpreendente, um espetáculo da natureza.

Muitos turistas relatam que essa é uma das experiências mais cinematográficas do Brasil. Com uma semana, você consegue desbravar o Parque Nacional.

Dunas e lagoas cristalinas são formadas pelas águas da chuva e formam o cenário dos Lençóis, que já integrou alguns filmes nacionais e internacionais.

Para você chegar lá, existem algumas bases, especialmente Barreirinhas. Nesta pequena cidade há uma boa infraestrutura, com muitos restaurantes e opções de hospedagem. Outras opções são Atins e Santo Amaro do Maranhão.

A melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses é Junho, Julho e Setembro, momento em que as lagoas estão cheias. A partir de setembro, as lagoas começam a esvaziar.

Se você for fora dessa época, o melhor é ficar em Santo Amaro do Maranhão, que possui lagoas mais perenes.

Amazônia

Se você procura um ecoturismo que não existe em nenhum outro lugar no mundo, a Amazônia é seu destino. A região concentra mais da metade das florestas tropicais do planeta.

É o pulmão do mundo e um dos maiores Patrimônios Naturais do Brasil. Sua viagem para o local é a chance de se encantar com uma espetacular biodiversidade.

Mas sua amplitude requer cuidado, especialmente se você quer conhecer bem a Floresta Amazônica. Nem sempre de fácil acesso, é fundamental que o visitante contrate serviços especializados para os passeios. É também o que garantirá sua segurança.

Uma das atividades que pode encantar o turista é nadar com o boto cor de rosa. Eles são extremamente dóceis e vivem nas águas do Rio Negro.

E não há viagem à Amazônia que não inclua no roteiro o lendário Encontro das Águas. A confluência dos rios Negro e Solimões é uma experiência inesquecível.

Na Amazônia, você ainda encontra 159 cachoeiras, 7 corredeiras, 9 cavernas e grutas. Especificamente na pequena cidade de Presidente Figueiredo, a 107 km de Manaus, conhecida como “terra das cachoeiras”.

Se sua ideia é ter uma viagem de aventura, com direito a rapel, tirolesa, rafting, caiaque, boia-cross, arvorismo e trilhas na selva, esse é seu destino obrigatório.

É possível também visitar as comunidades locais ribeirinhas e indígenas para ter uma experiência cultural completamente diferente (principalmente se você vive no sul ou no sudeste do Brasil). 

Litoral norte do Alagoas

Se você já foi a Maceió, mas nunca se enveredou pelo litoral norte do Alagoas, está perdendo um dos melhores locais do Brasil. A conhecida Rota Ecológica entra em várias listas turísticas, porque é o Caribe Brasileiro.

Do caminho de Maceió a Maragogi, você pode conhecer duas cidades: Japaratinga e São Miguel dos Milagres.

Japaratinga fica a 20 minutos de carro de Maragogi. Se você procura por tranquilidade e exclusividade, é seu destino perfeito. Com piscinas naturais e belíssimas praias, algumas delas desertas, você vai adorar.

O mesmo pode ser falado de São Miguel dos Milagres, excelente opção casais que querem privacidade. Ela é, inclusive, a mais rústica das cidades do litoral norte de Alagoas, mas possui bons restaurantes.

As praias do litoral norte do Alagoas possuem águas tranquilas e mornas. Um ponto de atenção que você deve ter é a época do ano. É importante visitar um dos melhores locais do Brasil na época da maré baixa, devido à presença das piscinas naturais.

Os melhores meses para visitar a região é entre outubro e janeiro, quando o mar está cristalino e há menor probabilidade de chuvas. Evite abril a agosto, meses mais chuvosos.

A principal dica é:  alugar um carro em Maceió e subir te dá liberdade para conhecer cada cantinho, além de ser uma opção econômica.

Jericoacoara (CE)

O Parque Nacional de Jericoacoara é um dos destinos mais procurados no nordeste brasileiro. Se você quer passear de buggy pelas famosas ruas de areia, onde não se pode circular carros, é o local perfeito.

Jeri, como é popularmente conhecida, já foi considerada uma das praias mais bonitas do mundo e está no Top 10 destinos brasileiros mais procurados.

Ela conseguiu melhores posições também pela abertura do Aeroporto Regional Comandante Ariston Pessoa, em Cruz, que fica a pouco mais de 1 hora de viagem. 

Um dos pontos turísticos mais famosos de Jericoacoara é a duna do pôr do sol. No entanto, se você quiser tirar uma foto na Pedra Furada, pode ter uma fila de 20 minutos em alta temporada.

Quer relaxar? As redes da Lagoa do Paraíso são uma ótima opção. Toda a região dentro do parque é muito preservada e mantém aspectos rústicos, o que dá ao local o caráter de paradisíaco.

Lembre-se de que chegar a Jeri não é tão simples, porque os carros de passeio não entram na vila. Somente jardineira ou veículos 4×4 conseguem se aventurar.

Para quem chega de avião em Fortaleza, o melhor é reservar um transfer. Vale destacar ainda que os voos até o Aeroporto de Jericoacoara são caros, por isso não é uma opção muito acessível.

Você não terá dificuldades para encontrar boas hospedagens. Mas prefira visitar Jeri entre Julho e Setembro, meses após o período de chuva que deixam as lagoas cheias. É também a época em que o kitesurf aparece com mais frequência.

Tente evitar o primeiro semestre, pois é quando tem mais chuvas.

Fernando de Noronha

Para quem está com o orçamento um pouco mais folgado, Fernando de Noronha é um dos melhores locais do Brasil para visitar. O arquipélago demanda algum esforço para chegar, especialmente para quem não é de Recife ou Natal. Serão necessários dois vôos para pousar nesse paraíso.

E os preços não são nada convidativos: hospedagens, alimentação, combustível e passeios são acima da média. Sem contar as taxas de preservação.

Por isso, muitas pessoas afirmam que a viagem para Fernando de Noronha sai mais cara do que uma viagem ao exterior. E em muitos casos eles têm razão.

Porém, seus encantos naturais são muito sedutores. Ir para o arquipélago é ter a oportunidade de conhecer algumas das praias mais bonitas do Brasil e do mundo.

É o caso da Baía do Sancho, considerada pelo público do TripAdvisor a praia mais bonita do mundo em 2019. De acordo com o site Skyscanner, Noronha ocupa o primeiro lugar da pesquisa dos 10 destinos de sonhos do Brasil.

Muito além das belezas naturais, é um dos melhores locais do Brasil para relaxar. A ilha é completamente segura.

Carros dão lugar ao buggy. A ilha isolada do continente é, de fato, um paraíso. E a melhor época para viajar é entre agosto e outubro, que possui mar tranquilo e com boa visibilidade para mergulho e se situa fora da alta temporada.

Entre abril e julho, há muitas chuvas, é bom evitar. No verão, o swell (fenômeno natural) deixa o mar mais mexido, o que pode atrapalhar as atividades de snorkeling.

Cidades históricas de Minas Gerais

Saindo um pouco das opções praianas, que sempre serão locais brasileiros imperdíveis, voltamos à história e ao interior.

Você certamente já ouviu falar da culinária mineira, uma das melhores do país (a melhor, na opinião dos mineiros). Não tem só pão de queijo e cafezinho. É uma exuberância gastronômica de muito sabor, e se você é uma pessoa que ama culinária, Minas Gerais inteira é um destino obrigatório.

Mas as estradas mineiras podem surpreender pela riqueza histórica e natural. Minas não tem mar, mas, como dizem os mineiros, tem as montanhas mais bonitas. No pacote, aparecem as cachoeiras e as cidades históricas.

Dentre elas, estão Congonhas do Campo, Tiradentes e São João Del Rei. A primeira cidade é uma parada rápida para visitar o Museu da Romaria, da Imagem e Memória e o Museu de Congonhas.

Mas o ponto turístico mais famoso da cidade é a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinho, considerado pela Unesco como um Patrimônio Mundial.

Tiradentes é uma cidade histórica muito frequentada por casais. Paira um ar romântico na cidade, que abriga um Festival de Cinema e um Festival de Inverno deliciosos.

O forte do local, além da gastronomia, é ser um museu ao ar livre. As ruas são um atrativo a parte, uma volta ao passado.

Mas possui pontos famosos, como Chafariz de São José e diversas capelas (Senhor Bom Jesus da Pobreza, Nossa Senhora do Rosário, Santo Antônio do Canjica e Passos), igrejas (São Francisco de Paula, Nossa Senhora das Mercês, São João Evangelista) e o Santuário da Santíssima Trindade. 

São João Del Rei fica a 20 km de Tiradentes, e esse trajeto pode ser feito de trem. Assim como em toda a região, as igrejas são a atração que mais chama a atenção.

A Igreja de São Francisco de Assis é a mais bonita da cidade, mas vale passar pelas igrejas de Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora do Pillar, Nossa Senhora das Mercês e Nossa Senhora do Carmo. Por fim, dê um pulo ao Mercado Municipal.

Ouro Preto e Mariana

Duas cidades históricas de muito destaque são Ouro Preto e Mariana. É um “combo”, pois são vizinhas. É o retrato da era colonial do Brasil, e você pode ver isso em todas as casas e prédios de Ouro Preto.

Listar os pontos turísticos da cidade é uma tarefa muito difícil, porque ela é inteiramente turística (e universitária, já que possui uma Universidade Federal).

Comece pelas igrejas cheias de ouro ou de cultura brasileira. A Igreja de São Francisco de Assis é uma das obras mais incríveis de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho.

Ali pertinho dela, você aproveita para conhecer a feira de artesanatos no Largo de Coimbra, com inúmeras peças esculpidas em pedra-sabão, algo muito característico da região. Pratos, panelas e itens de decoração estão nesse bolo.

No meio das conhecidas ladeiras de Ouro Preto, você chegará à Praça Tiradentes, que reúne em seu entorno o grande turismo da cidade, como:

  • o Museu da Inconfidência (prédio que foi a Casa de Câmera e a Cadeia de Vila Rica);
  • a Igreja de Nossa Senhora do Carmo;
  • o Museu do Oratório;
  • o Teatro Municipal (o mais antigo do país!);
  • a Casa do Ouvidor;
  • a Casa dos Contos;
  • e a Igreja de São Francisco de Paula (onde se tem a melhor vista de Ouro Preto).

Para fechar Ouro Preto, visite a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, projetada pelo pai de Aleijadinho.

De lá, siga para Mariana de maria-fumaça. Mariana é a antiga capital de Minas Gerais. Lá, você começa a viagem pela Igreja de São Francisco de Assis, pela Igreja de Nossa Senhora do Carmo, pela Casa de Câmera e pela Cadeia.

Quer aprender ainda mais sobre a história colonial do Brasil? Dê um pulo na Praça Minas Gerais, que ainda tem um antigo pelourinho, e na Mina de Ouro da Passagem. 

Na mina, você desce 120 metros em vagonetas, cujo destino final é um lago natural de águas cristalinas.

Os melhores locais do Brasil não podem ser numerados. Mostramos algumas opções diversas para você explorar em sua viagem.

Cada cantinho do nosso país guarda uma experiência única. Ecoturismo, paraísos praianos, história e aventuras estão espalhados nesse território imenso. Está pronto para explorar?

Gostou desse artigo? Aproveite para conferir também quais são os melhores destinos para viajar sozinho. Boa leitura!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!