7 dicas para proteger a sua bagagem

Roberta Franci, da Resolvvi Escrito por Roberta Franci, da Resolvviem 16 de maio de 2019
7 dicas para proteger a sua bagagem

Quer saber como proteger a sua bagagem no aeroporto durante uma viagem? Então, continue lendo e confira 7 dicas valiosas para viajar tranquilo.

Se você costuma viajar de avião, é provável que já tenha tido algum problema com sua bagagem, seja extravio ou um dano. Se nunca ocorreu com você, já deve ter ocorrido com alguém que você conheça, visto que há um descaso generalizado das companhias nesta questão.

Por esta razão seguem 7 dicas que evitarão que isto ocorra, fique ligado!

Como proteger a sua bagagem no aeroporto

1) Faça o check-in com antecedência

Evite realizar o despacho de suas bagagens muito próximo do horário do seu voo. Bem como, evite realizar conexões com menos de 1 hora para voos domésticos ou menos de 2 horas para voos internacionais.

Isto aumentará muito as chances de suas bagagens não serem extraviadas, pois, caso esteja perto do horário de partida, os responsáveis por tirarem as malas e colocarem nas esteiras ou aviões farão com o máximo de pressa possível, aumentando a chance de erros.

2) Retire todas as etiquetas de voos antigos

Assim como explicado que os despachadores podem se confundir na pressa para uma conexão, as etiquetas de voos antigos aumentarão esta chance de confundirem o destino da sua mala, fazendo com que o despachador pense que pertence a outro voo.

3) Pergunte o procedimento de retirada

Sempre pergunte onde deve realizar a retirada da bagagem. Em alguns países, como os voos domésticos nos Estados Unidos, por exemplo, é necessário a retirada da bagagem no aeroporto de chegada para realizar a imigração e despachá-la de novo ao destino final.

4) Identifique-se

Coloque uma tag ou um cartão de visitas com seu nome, endereço, telefone para contato e e-mail, para caso localizem sua mala. Importante que esteja em letra legível e sempre bom colocar dentro e fora da mala, caso o cartão ou a tag sejam retirados na deslocamento da mala pelos despachadores.

5) Diferencie sua mala

Coloque algum tipo de adesivo, tag, lenço ou algum objeto que diferencie sua mala das demais, especialmente se for preta ou muito comum. Sua mala pode ser levada por outro passageiro por engano. Então não hesite em colocar etiquetas, chaveiros e outros adereços que tornem sua mala “única”.

Uma boa solução é também utilizar cadeados para diferenciar e proteger, visto que não se sabe quem são os empregados do aeroporto, se for para os EUA, utilize o modelo aprovado pelo TSA para evitar danos. E claro, que se você não tem cadeado, deve ficar ainda mais atento na sua mala antes de colocá-la na esteira.

6) Faça seguro de bagagem

No momento da compra da passagem, caso esteja utilizando cartões de crédito, como American Express, Mastercard, Visa ou Diners, é possível utilizar o seguro fornecido por eles para extravio e atraso na entrega das bagagens. Entretanto, você necessita entrar em contato com a administradora de cartões de crédito e “acioná-lo” antes da viagem, para caso ocorra.

Você também pode contratar um seguro pago, que é oferecido pela companhia aérea contratada. Assim você precisará declarar seus bens que serão despachados, isto demorará um tempo. Contudo, caso sua bagagem seja extraviada ou furtada, lhe garantirão uma indenização pelos bens declarados.

Leia também: 5 dicas para não ter suas compras apreendidas na alfândega

7) Evite levar eletrônicos

Se possível, coloque todos os itens eletrônicos na bolsa de mão, já que as companhias aéreas tentam se isentar da responsabilidade e existem quadrilhas especializadas em furtá-los quando despachados. O melhor, é sempre levar estes itens na bagagem de mão, caso tenha dúvida se pode ser levado na bagagem de mão, confira a postagem sobre coisas que não podem ser levadas na bagagem de mão.

Mesmo assim, aconteceu…

Mesmo que você siga todas as dicas citadas, é possível que sua bagagem seja extraviada ou furtada. Assim, você deve estar sempre preparado para imprevistos, levando uma roupa e produtos de higiene, para utilizar por um dia ou dois, caso sua mala não seja encontrada.

E claro, você deve exigir os seus direitos, já que a companhia aérea lhe deverá uma indenização pela sua bagagem extraviada ou danificada. Para isto e qualquer outro problemas com companhias aéreas como voo cancelado, atrasado, overbooking, atraso de voo, existem plataformas que buscam uma indenização online para você, como a Resolvvi. É tudo digital e basta ter o RIB em mãos.

Quer receber mais dicas sobre os direitos dos passageiros? Basta deixar seu nome e e-mail abaixo:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário