Aplicativo de finanças: Escolha entre os 10 melhores!
Ouça este post! 🔈 Clique no play para ouvir este post como se fosse um podcast. ▶

Entre as centenas de variedades do mercado, você sabe escolher qual é o melhor aplicativo de finanças? Acompanhe nossas dicas e transforme sua organização financeira agora mesmo!

Hoje, no Brasil, quase 50% da população não consegue “sobrar dinheiro” no fim do mês, ou seja, o dinheiro só dá pra pagar as contas e mal.

Muitas vezes, boa parte desse problema é fruto da falta de organização financeira

Muitas pessoas não sabem nem mesmo o quanto gastam por mês, muito menos possuem uma reserva emergencial ou um planejamento financeiro.

Por conta disso, é comum surgirem problemas graves como dívidas e negativação do seu nome, ou até mesmo lhe impedir de realizar alguns sonhos.

Antes de tudo, saiba que organização financeira é importante!

Para alcançar a tão sonhada organização financeira e se livrar dos problemas envolvendo inadimplência e dívidas, é importante, acima de tudo, a conscientização da necessidade disso.

Para isso, é necessário entender que com uma boa organização de suas finanças pessoais, você, mesmo não aumentando sua renda, pode sim ficar mais estável financeiramente.

Leia também: 5 dicas para negociar sua dívida online e com segurança

Muitas pessoas recorrem a boa e velha planilha financeira que, apesar de muito útil e customizável para suas necessidades, pode não ser o ideal para todo mundo.

Isso acontecer porque, para alguns, a planilha não oferece tanta dinâmica e não é tão fácil incluir na rotina.

Porém, existem alternativas e a tecnologia está aí para facilitar sua vida, não é mesmo?

5 melhores aplicativos de finanças: Veja a lista!

Se você quer cuidar da sua saúde financeira de forma descomplicada e na palma da mão, não deixe de acompanhar nossas dicas.

Escolhemos os 10 melhores aplicativos de finanças pessoais para ajudar você a se organizar financeiramente e viver uma vida melhor.

Vamos a lista?

1) Aplicativo de finanças: Organizze

Organizze é um aplicativo de organização financeira de muito boa usabilidade, e conta com mais de 2 milhões de usuários. 

Um dos seus diferenciais principais é a conciliação bancária automática, que pode lhe ajudar no lançamentos das suas despesas.

Além disso, o aplicativo possui os planos Free com limitações relativas a números de contas e cartões de créditos, e de funcionalidades de organização como definição de metas.

Por outro lado, a versão Premium, que possui todas a funcionalidades do free e não possui as limitações citadas, e custa R$ 9,90/mês, R$ 79,90/ano ou R$ 199,90 para acesso vitalício a este aplicativo de finanças.

Possui nota de 4,7 na Play Store e 4,6 na Apple Store.

2) Aplicativo de finanças: Wisecash

Para você que gosta de mais simplicidade, o aplicativo Wisecash é uma ótima alternativa, afinal, para quem não possui o hábito dessa organização e disciplina financeira, às vezes menos é mais.

Neste aplicativo de finanças pessoais, a usabilidade é seu ponto forte, e você pode ter uma visão de fluxo de caixa em gráficos, e pode configurar mais de uma conta bancária para ter uma visão integrada de suas finanças.

Felizmente, o aplicativo é gratuito e não possui versões pagas.

Possui nota de 4,7 na Play Store, mas não está disponível na Apple Store.

3) Aplicativo de finanças: Mobills

O Mobills é um dos aplicativos de finanças mais utilizados no país, e conta com uma ótima usabilidade que o torna de muito fácil uso.

Possui recursos diferenciados como a geolocalização, que facilita o entendimento de qual região você costuma gastar mais, se é mais perto do trabalho ou de casa.

Além do mais, você pode fazer um planejamento financeiro dividido em categorias, podendo atribuir metas mensais para cada uma delas.

O aplicativo conta com o plano Free, onde há limitação de número de lançamentos de despesas, de cartões de crédito e de contas bancárias, além de não contar com as funcionalidades de planejamento mencionadas.

Também é possível escolher o plano Premium, que conta com todos os recursos e não possui limitações de uso, e custa R$ 14,90/mês ou R$ 79,90/ano.

Possui notas de 4,6 na Play Store e 4,7 na Apple Store

4) Aplicativo de finanças: Guia Bolso

O Guia Bolso é um dos aplicativos de finanças mais antigos e mais conhecidos do Brasil, e sua fama não é à toa, pois é uma alternativa bem completa e que, com sua automatização, pode facilitar bastante a sua tarefa de organizar suas finanças pessoais.

Neste aplicativo de organização financeira, você pode integrar facilmente com seu cartão de crédito e suas contas bancárias, fazendo com que todas as suas transações sejam reconhecidas e lançadas de forma automática pelo aplicativo.

Ainda é possível acompanhar a sua situação de negativação no Radar do CPF, ofertado em parceria com a Boa Vista, e também é possui contratar empréstimo pessoal com taxas diferenciadas pelo Guia Bolso.

O aplicativo de finanças pessoais é de uso totalmente gratuito e não possui versões pagas.

Possui notas de 3,5 na Play Store e 4,2 na Apple Store.

5) Aplicativo de finanças: Olivia

Para quem busca uma alternativa de ajuda quase que pessoal, a Olivia é o aplicativo de organização financeira ideal.

A Olivia tem como diferencial um conceito de assistente financeira por inteligência artificial, fazendo não só o registro e organização como também sugerindo melhorias em sua vida financeira.

Na prática, é como se você tivesse uma assistente robô, a Olivia, que estimula sua economia e lhe oferece descontos baseado em seus hábitos.

Por exemplo, como encontrar e oferecer um desconto para um hábito recorrente como uma pizza que você sempre pede aos domingos.

O aplicativo é totalmente gratuito para o consumidor.

Possui notas de 4,4 na Play Store e 4,8 na Apple Store.

6) Aplicativo de finanças: Minhas Economias

Outra boa alternativa é o aplicativo de finanças Minhas Economias, principalmente quando se trata de planejamento financeiro.

Nele, você pode gerenciar projetos, sonhos e metas, definindo o quanto quer alcançar e quando, assim o aplicativo vai lhe informando quanto falta para alcançar de maneira atualizada.

O aplicativo também possibilidade de integração com alguns internet banking, podendo sincronizar mais de uma conta corrente.

O aplicativo é 100% gratuito.

Possui notas de 4,4 na Play Store e 4,8 na Apple Store.

7) Aplicativo de finanças: Spendee

Em termos de opções de visualização, o aplicativo de organização financeira Spendee é sem dúvidas um dos melhores, e aposta no seu design como um dos grande diferenciais.

Possui, dentre outras funcionalidades, integração bancária (você pode checar aqui os bancos disponíveis), categorização automática de gastos e compartilhamento de carteiras com outros usuários.

8) Aplicativo de finanças: Wallet

A Wallet tem como foco e diferencial a sua usabilidade e principalmente a possibilidade de compartilhamento de uma conta com outro usuário, uma opção que se mostra bem útil para casais e grupos de amigos, por exemplo.

Dentre outras funcionalidades, este aplicativo de organização financeira conta com visões por gráficos intuitivos e a possibilidade de tirar fotos de recibos ou comprovantes e armazenar e organizar no aplicativo.

Além disso, na Wallet, o uso é 100% gratuito.

Possui notas de 4,5 Play Store e 4,5 Apple Store.

9) Aplicativo de finanças: Forturno

A Fortuno é uma boa opção para quem busca algo mais personalizável que se adeque a sua necessidade.

Neste aplicativo de finanças, você pode contar com agrupamento de contas, visão de balanço financeiro mensal em gráficos intuitivos, possibilidade de receber notificações de vencimentos de contas e pendências financeira.

Claro, além das outras funcionalidades mais usuais dos aplicativos de organização financeira.

O app também conta com a versão gratuita, onde não é possível ter o balanço mensal, exportação de dados e fotos nas transações.

Já no plano Premium, o usuário terá acesso à todas as funcionalidades deste aplicativo por R$ 11,00/mês ou R$ 59,00/ano.

Possui nota de 4,6 na Play Store e não está disponível na Apple Store.

10) Aplicativo de finanças: Toshl Finance

E por último e não menos importante, apresentamos o Toshl Finance.

Um dos aplicativos mais aclamados internacionalmente, que se destaca por sua interatividade no uso, pois conta com um personagem, um “monstrinho”, como o seu gerenciador.

O aplicativo possui funcionalidades de exportação dos dados inseridos em diferentes formatos (pdf, excel, xls, docs), possibilidade de usar qualquer moeda do mundo, inclusive bitcoins, e sincronizar sua conta com ilimitados dispositivos.

Além disso, outro ponto que chama muita atenção são as possibilidades de visualizações de gastos com design intuitivos, como em um rio e seus afluentes.

Este aplicativo de finanças possui três versões.

A primeira, gratuita, com limitações de contas e orçamentos.

Uma segunda versão, conhecida por “Pro”, que conta com todas a funcionalidades disponíveis menos a automatização nas sincronizações bancárias, e que custa 2,99 dólares/mês ou 19,99 dólares/mês.

E, por último, a versão Medici, a versão completa que custa 4,99 dólares/mês ou 39,99 dólares/ano.

Possui notas de 4,5 na Play Store e 4,7 na Apple Store.

Não conseguiu escolher seu aplicativo de finanças favorito?

Se você acompanhou todas as possibilidades neste conteúdo, é bem possível que tenha ficado na dúvida.

Porém, é importante entender que não existe o melhor aplicativo, e sim o que mais faz sentido para a sua vida financeira.

Portanto, o ponto de partida para essa decisão é considerar a organização financeira que você já faz hoje, mesmo que seja pouca, e como ela se adequaria ao aplicativo de finanças escolhido.

Alguns fatores que devem ser levados em consideração nessa escolha são:

  • Se você prefere a praticidade da sincronização automática de gastos com sua conta corrente e/ou cartão de crédito;
  • Ou se prefere lançar os gastos de maneira manual, para trabalhar a disciplina e organizar os lançamentos da maneira que achar melhor. Considerando que sempre existe aquela cota com os amigos que as transações acabam confusas, mas no fim a conta fecha;
  • E, também, se os seus bancos ou instituição financeira contam com sincronização no aplicativo escolhido, se você optar por algum com essa funcionalidade. 

Por fim, uma dica importante é, se escolher alguma ferramenta paga, assinar primeiro o plano mensal por pelo menos 3 meses e somente depois assinar o plano anual.

Considere isso! Pois é bem possível que você não se acostume de imediato com a ferramenta e pode acabar largado. Sem a possibilidade de cancelar a assinatura, você estará fazendo um gasto desnecessário.

E aí, deu pra escolher o seu app de organização financeira?

Gostou da nossa lista de aplicativos para organizar suas finanças?

Importante lembrar que organização financeira é essencial para ter controle do seu dinheiro.

Além do mais, ter planejamento vai te ajudar a evitar problemas mais sérios, como nome negativado indevidamente, por exemplo.

Isso acontece porque, muitas vezes, não acompanhamos as movimentações no nosso CPF  e podemos estar sofrendo cobranças indevidas, gerando a inscrição do seu nome nos birôs de proteção ao crédito.

Felizmente, existe problema solução para esse problema!

Se seu nome já foi negativado indevidamente, ou seja, sem que você realmente esteja devendo, é possível pedir uma indenização por danos morais.

Quer saber como exigir seus direitos, limpar seu nome e ainda receber uma indenização? Verifique agora mesmo se seu caso é elegível!

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!