Até quantos meses grávida pode viajar de avião? Confira agora!

até quantos meses grávida pode viajar de avião

Você sabe até quantos meses grávida pode viajar de avião? Então acompanhe este artigo para descobrir tudo sobre o assunto!

Será que existe uma determinação de quantos meses uma grávida pode viajar de avião?

Geralmente a gravidez é um período que pode gerar dúvidas sobre muitos temas, ainda mais quando o assunto é viagem.

Então isso não seria diferente, já que durante a gravidez é necessário tomar alguns cuidados com a pessoa gestante e o bebê.

Afinal, grávida pode viajar de avião? Acompanhe a leitura com atenção para descobrir!

👉 Sua viagem não saiu como o esperado por conta de um problema com voo? Exija seus direitos e receba uma indenização!

Grávida pode viajar de avião?

A gravidez é um tema que geralmente nos traz dúvidas sobre alguns procedimentos de viagem.

Nesse sentido, não é raro encontrar pessoas que se perguntam se viajar grávida ou com recém nascido faz mal para o bebê.

Por isso separamos todas as informações necessárias para quem quer entender se grávida pode viajar de avião

Em resumo, se a grávida pode ou não viajar de avião, isso é uma decisão do médico e família.

Além disso, também é necessário consultar a empresa aérea.

Isso porque é importante aguardar a avaliação do obstetra sobre as condições de saúde da gestante.

Como a gravidez é diferente pra muita gente, pode ser que a grávida tenha complicações, como diabetes, pressão alta, anemia falciforme, sangramento, entre outros.

Portanto esses casos a viagem pode não ser uma boa ideia para a grávida viajar de avião.

Vale lembrar que também existem as reações que podem ocorrer durante o voo.

Além disso, se você for ao exterior, converse com seu médico para saber se gestante pode viajar de avião.

Assim você fica a par de maiores informações, inclusive saber que vacinas tomar para viajar.

Até quantas semanas grávida pode viajar de avião?

As regras que falam se a grávida pode ou não viajar de avião pode mudar de acordo com cada companhia.

Em geral, as gestantes de até 27 semanas grávidas podem viajar normalmente de avião, tanto em voos domésticos, quanto em voos internacionais.

Mas é necessário informar à empresa sobre a gravidez no ato da compra da passagem aérea.

Por outro lado, a partir da 28ª semana, é preciso apresentar atestado médico, para a pessoa grávida poder viajar de avião.

Você pode solicitar a emissão do atestado até sete dias antes do voo.

Isso porque, no documento, devem constar algumas informações importantes, como:

  • a data do voo, junto da origem e destino final;
  • o tempo máximo de voo permitido;
  • a estimativa da data de nascimento do bebê;
  • idade gestacional;
  • e, por fim, um parecer médico.

Além disso, outra dúvida muito comum é saber se existe uma determinação que fala até quantas semanas a grávida pode viajar de avião.

Como dissemos, não existe um consenso entre as companhias, por isso você precisa conferir as regras de cada empresa antes de emitir a sua passagem.

Ainda mais quando a pessoa grávida ultrapassou as 30 semanas de gestação, já que nesses casos podem surgir exigências adicionais das empresas.

Por exemplo, a partir da 36ª semana, poderá ser necessário apresentar um formulário conhecido como MEDIF.

Esse documento precisa ser feito no máximo 10 dias antes da viagem e o envio deve acontecer com 48 horas de antes do voo.

Geralmente o formulário de informação médica fica disponível para download nos sites das companhias aéreas.

Até quando grávidas podem viajar de avião?

Será que grávida pode viajar de avião até o fim da gestação?

Geralmente, com a gravidez já avançada, há uma exigência da presença do médico responsável durante a viagem.

O período específico para essa regra depende da companhia, porque isso pode mudar de acordo com a empresa aérea.

Mas geralmente a partir da 39ª semana, o embarque não costuma ser permitido entre as companhias.

Para descobrir até quantas semanas grávida pode viajar de avião, não se esqueça de levar em conta com quando retornará da viagem.

Vale lembrar também que as orientações são mais rigorosas em caso de gravidez múltipla (de mais de um bebê) ou com complicações.

Como dissemos, o período de gravidez é muito individual, assim como cada necessidade específica.

Por isso é tão difícil saber se grávida pode viajar de avião, portanto é preciso detalhar todas as especificidades ao consultar a companhia aérea.

Além disso, as gestantes não devem voar em aviões muito pequenos, sem cabines pressurizadas.

Isso porque, nessas condições, pode ocorrer o aumento dos batimentos cardíacos e na pressão arterial.

Animated GIF

As regras das principais companhias para gestantes no avião

Como você já leu anteriormente, cada empresa possui suas regras para determinar se grávidas podem viajar de avião.

Já que as necessidades são individuais a depender de cada caso, as regras também podem mudar de acordo com algumas especificidades.

Então fique ligado para saber as regras das principais companhias que determinam como grávidas podem viajar de avião.

Como grávidas podem viajar de avião na Gol

Geralmente as regras das companhias vão separar as recomendações entre duas categorias: a gravidez simples, e a gravidez múltipla.

Nos casos de gravidez simples, as grávidas de até 27 semanas podem viajar de avião normalmente.

Mas a partir de 28 a 35 semanas, é necessário apresentar atestado médico e com 36 a 37 semanas, atestado e declaração de responsabilidade;

A partir da 38ª semana, é necessário apresentar atestado, declaração, acompanhamento médico e situação excepcional.

Já nos casos de gravidez múltipla, até 25 semanas, a grávida pode viajar de avião sem maiores problemas.

Mas com 26 a 31 semanas, exige atestado médico e de 32 a 37 semanas, é necessário atestado e declaração de responsabilidade.

E a partir da 38ª semana, é preciso mostrar atestado, declaração, acompanhamento médico e situação excepcional para poder viajar de avião.

Como grávidas podem viajar de avião na Latam

Assim como a Gol, a Latam também divide suas regras entre a gravidez simples e gravidez múltipla.

Nesse sentido, para a grávida em gravidez simples até 30 semanas, a viagem de avião pode acontecer tranquilamente.

Mas com 30 a 36 semanas, é necessário apresentar atestado médico.

Por fim, com 36 a 39 semanas, precisa apresentar atestado e formulário MEDIF.

Conheça a Resolvvi

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.