Atraso de voo: O que fazer e como ser indenizado?

Débora Mendes da Resolvvi Escrito por Débora Mendes da Resolvviem 25 de dezembro de 2020
Atraso de voo: O que fazer e como ser indenizado?
indique e ganhePowered by Rock Convert

Você já sofreu com as consequências de um atraso de voo e viu toda a sua viagem ser prejudicada? Saiba já como ser indenizado.

Quando falamos de viagens, geralmente, a primeira palavra que vem à mente é algo relacionado a diversão, descanso e férias.

Entretanto, na prática, nem sempre é isto que ocorre. Na realidade, alguns passageiros sofrem situações que nem imaginariam como, por exemplo, cancelamento ou atraso de voo.

Além disso, muitos passageiros sequer sabem que atitude tomar para buscar seus direitos e, pelo menos, tentar recuperar os prejuízos de sua viagem.

É muito comum, também, que o passageiro não saiba como comprovar atraso de voo para buscar seus direitos.

Quer saber como ser indenizado e buscar seus direitos para um atraso de voo? Basta continuar a leitura deste artigo.

Como acontece o atraso de voo?

Os problemas com voo, dentre eles o atraso de voo, podem ter diversas causas. Desde motivos internos, como problemas da própria companhia, como fatores externos.

Os mais comuns são os seguintes:

1) Problemas técnicos ou manutenção inesperada 

Em um primeiro momento, todo passageiro presume que seu voo está completamente nos conformes.

Entretanto, em alguns casos, não é o que acontece. De última hora, acontecem problemas no motor da aeronave, problemas técnicos e por fim, uma manutenção inesperada.

Infelizmente, mesmo que manter as aeronaves em bom estado seja dever das companhias, pode acontecer uma situação de manutenção urgente.

Em razão disso, o voo pode acabar atrasando e trazendo os mais diversos prejuízos ao passageiro. Se este for seu caso, lembre sempre de pedir uma declaração da companhia aérea, confirmando o problema técnico.

Esse documento pode ser bastante útil para comprovar o atraso de voo.

2) Clima desfavorável

Pode ser que nas cidades de partida ou destino, estejam presentes algumas condições climáticas desfavoráveis, provocadas por:

  • Neve forte;
  • Chuva forte;
  • Tempestades.

Por isso, a operação das aeronaves pode acabar sendo prejudicada em razão de, por questões de segurança, o voo precisar ser adiado.

Ainda assim, é importante lembrar que todas essas condições não excluem a responsabilidade de a companhia assistir o passageiro!

3) Atraso da aeronave 

Por vezes, a aeronave que iria levar os passageiros no voo comprado acaba atrasando no local de partida.

Pelos mais diversos motivos, o atraso acaba gerando um efeito cascata e prejudica todos os voos seguintes que dependeriam de sua chegada a tempo.

4) Problemas com a tripulação

Assim como todo trabalhador brasileiro, a tripulação tem um número determinado de horas de trabalho.

Entretanto, nem sempre tudo ocorre como o planejado e a tripulação acaba ultrapassando suas horas de trabalho.

Por isso, para manter as regras trabalhistas, a companhia é obrigada a fazer a troca de tripulação, o que provoca, também, um atraso.

Quais os direitos do passageiro em casos de atraso de voo?

Mesmo que alguns dos casos sejam pouco previstos, o passageiro deve ter sempre mantidos seus direitos básicos.

No caso de o consumidor estar no aeroporto, aguardando o próximo voo em razão do atraso do voo que deveria embarcar, a companhia deve tornar a espera menos custosa possível, oferecendo:

  • Facilidade para comunicações (serviços de internet e telefonia), para esperas de uma hora ou mais;
  • Alimentação, quando o passageiro estiver esperando à partir de 2 horas;
  • Hospedagem e transporte, para casos em que há espera de pelo menos 4 horas.

Além disso, o passageiro deve ser colocado no primeiro voo disponível da companhia que contratou.

Entretanto, caso não seja possível, o consumidor pode voar  por outra companhia que tenha o voo mais próximo disponível.

Lembrando que o voo atrasado também pode ser remarcado para outro horário e data, a critério do consumidor.

Powered by Rock Convert

Também, caso decida realmente não utilizar o bilhete comprado, o passageiro pode pedir o reembolso de todo o valor pago, inclusive das taxas!

Quando o passageiro pode ser indenizado por atraso de voo?

Um atraso por voo pode gerar diversos transtornos ao consumidor como, por exemplo, perda de compromisso e prejuízo ao planejamento feito para uma viagem a negócios.

E assim, surge o direito a ser indenizado em danos morais.

Em boa parte dos casos, o passageiro sofre bastante com todo o estresse causado.

Por vezes, aqueles que sofrem de ansiedade ou algum problema de saúde têm sua situação agravada, ainda mais pelo fato de a companhia não oferecer qualquer tratamento especial.

Assim, apesar de o próprio atraso do voo ser um transtorno em si, a justiça reconhece como indenizável o atraso à partir de 4 horas.

Lembrando que, quanto mais horas de atraso, maior é a certeza de indenização.

Para fortalecer seu caso, em se tratando de atrasos de 4 horas, é muito importante guardar qualquer prova agravante como, por exemplo:

  • Nota fiscal que comprove gastos extras;
  • Comprovantes de perda de compromisso pessoal ou profissional (um jantar com um familiar querido ou uma entrevista de emprego).

Além disso, outro ponto importante é estar atento a declaração de atraso de voo, prova crucial para voos que aconteceram após o início do fechamento das fronteiras brasileiras, em março de 2020.

Como receber indenização por atraso de voo?

Se você teve um atraso de voo igual ou superior a 4h, é bem provável que tenha direito a uma indenização.

Quer saber como ser indenizado por atraso de voo de forma totalmente online? Acompanhe a leitura!

Como ser indenizado de forma online e sem burocracias com a Resolvvi

Ao buscar uma indenização por atraso de voos, muitos passageiros acabam ficando pelo meio do caminho e sequer dão seguimento à sua solicitação.

Os argumentos são os mais diversos: “Muita burocracia”, “preciso comparecer a uma audiência”, “o processo demora muito”.

Pensando nisso, a Resolvvi tem uma solução para você!

É uma proposta diferente de buscar os direitos do consumidor de modo 100% online e sem burocracia, e em apenas 3 passos!

1) Verificar seu caso

Antes de buscar uma indenização por atraso de voo, é importante verificar se o seu atraso realmente é indenizável.

Para isso, basta clicar aqui e fazer uma rápida checagem!

Assim, essas informações nos ajudam a buscar melhor seu direito.

2) Completar e acompanhar o cadastro

Agora que você tem certeza de que o atraso do voo sofrido é realmente indenizável, basta seguir com o cadastro.

Este é o momento de você fornecer algumas informações muito importantes!

Comprovantes de gastos, de perdas de compromissos, dados pessoais, uma cópia do bilhete do voo comprado e a prova do atraso são alguns dos dados que devem ser fornecidos.

No momento em que seu cadastro está completo, basta acompanhar a evolução do seu pedido!

Lembrando que não é necessário arcar com nenhum gasto e muito menos comparecer a uma audiência.

A Resolvvi faz tudo por você!

3) Receber a indenização

Ao final, basta nos indicar a conta onde deverá ser depositada sua indenização, tudo simples e sem burocracia!

Quer saber se seu problema de atraso de voo dá direito a uma indenização? Verifique grátis agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!