Cancelamento do voo de volta: Quando posso ser indenizado?

Ariel Barros Escrito por Ariel Barrosem 20 de dezembro de 2020
Cancelamento do voo de volta: Quando posso ser indenizado?
indique e ganhePowered by Rock Convert

Um dos assuntos que gera confusão entre os viajantes é o cancelamento do voo de volta. Também teve problema com voo de volta cancelado e não soube o que fazer? Continue lendo.

Geralmente, muitos passageiros compram juntas as passagens do voo de ida e de volta. Tanto por questão de economia como de comodidade.

Entretanto, por conta de algum motivo, o passageiro que não consegue comparecer no check-in do voo de ida pode ter seu voo de volta cancelado pela companhia aérea.

Além disso, para piorar a situação, a maior parte desses cancelamentos ocorrem sem que o passageiro saiba. O que pode gerar prejuízos ao consumidor por ter por exemplo que adquirir novas passagens.

Para completar, muitos passageiros não sabem seus direitos e como agir nessa situação de ter o voo da volta cancelado.

Com o intuito de esclarecer o que fazer nesses casos, acompanhe a leitura para entender sobre o assunto e reivindicar seus direitos.

O que causa um voo de volta cancelado?

O problema do voo de volta cancelado se inicia no voo de ida. Não é raro que aconteçam imprevistos no dia do voo. Dessa forma, por algum motivo o passageiro pode não comparecer ao voo de ida.

Ou seja, o passageiro não fez o check-in ou fez o check-in mas não embarcou no avião.

Se não deu para avisar o imprevisto para a companhia aérea antecipadamente, o consumidor sofreu um no-show. Se quiser saber mais detalhes sobre no-show clique aqui.

Como é uma prática comum que os passageiros comprem voos de ida e de volta, o que decorre disso é que a companhia cancela o voo de volta sem avisar o passageiro pelo fato de não ter comparecido na ida.

No entanto, essa prática é arbitrária e ilegal. A empresa aérea não pode cancelar voo de volta.

Sendo assim, se a companhia aérea cancelou o seu voo de volta, você foi vítima enquanto consumidor. A seguir te explicamos quais são seus direitos nessa situação.

Animated GIF

Quais os direitos do passageiro em casos de cancelamento do voo de volta?

Como explicamos, o cancelamento do voo de volta pelo não comparecimento ao voo de ida é ilegal.

Isso porque, independente do motivo, a empresa aérea não pode fazer o cancelamento de voo de volta de forma automática.

Isso pode ser considerado uma venda casada, já que ambos os bilhetes foram adquiridos conjuntamente.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu que o cancelamento automático de passagem pelo não comparecimento a um dos trechos é tido como uma prática abusiva por parte das companhias aéreas.

Powered by Rock Convert

E, além disso, é uma violação grave do artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor que assegura seus direitos e considera abusiva a prática do cancelamento da passagem de volta.

Quando o passageiro pode ser indenizado por voo de volta cancelado?

Caso tenha acontecido um no-show e o trecho de volta tenha sido cancelado de última hora, sem poder remarcar o voo, você deve tomar algumas atitudes.

A primeira delas é procurar a companhia aérea e solicitar o reembolso das passagens aéreas canceladas e dos gastos extras para remarcar ou comprar novas passagens.

Caso isso não aconteça, e se o problema de no-show ocorreu nos últimos 2 anos, é hora de considerar reivindicar uma indenização moral devido ao ocorrido. Nesse link explicamos como você pode buscar sua indenização sozinho.

Seu voo de volta foi cancelado? Exija seus direitos agora mesmo e receba uma compensação em dinheiro!

Para que sua indenização se torne possível, é importante se munir do máximo de provas que puder.

Por isso, guarde o comprovante de reserva ou o cartão de embarque do voo que você deveria viajar, além também da nova passagem adquirida após o cancelamento.

Para você ficar mais informado ainda, disponibilizamos um guia das principais provas aqui.

Como receber indenização por voo de volta cancelado?

Se você teve o seu voo de volta cancelado, pode contar com a Resolvvi para lhe ajudar com isso!

A Resolvvi atua de maneira 100% online, e possibilita que você verifique, de forma gratuita e através de perguntas bem simples, se o seu problema com voo é qualificado a receber uma indenização por danos morais.

Logo, se o seu problema for qualificado a uma indenização, você pode cadastrar o seu pedido conosco de forma imediata, gratuita e sem sair de casa.

Após cadastrar o seu pedido de indenização online, pode ficar tranquilo(a) que nós cuidamos de tudo para você! Todo o andamento do pedido é comunicado por e-mail e também através do seu cadastro em nosso site.

Além disso, você só paga a nossa taxa de serviço se ganhar, e essa taxa corresponde a 30% do valor da indenização recebida.

Caso não ganhe, você não paga nada, pois nós arcamos com todos os custos envolvidos!

E lembre-se: se tiver o voo de volta cancelado, é muito importante guardar o comprovante de reserva ou o cartão de embarque do voo que você deveria viajar, e a nova passagem adquirida após o cancelamento.

Quer exigir seus direitos e buscar uma indenização? É só contar com a Resolvvi e verificar grátis agora!

Se você gostou de aprender tudo sobre voo de volta cancelado, não deixe de comentar aqui embaixo. Queremos saber se você quer continuar recebendo conteúdos sobre direitos do consumidor e dos passageiros!

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!