Como funciona o financiamento? Tire as suas dúvidas agora!

como funciona o financiamento
faça justiça com a resolvvi

Tentando entender como funciona o financiamento? Confira o nosso artigo fique por dentro das principais informações.

É muito comum se ouvir falar de financiamentos, sobretudo o de imóveis e veículos.

No entanto, alguns consumidores temem aderir ao financiamento por não saberem como funciona.

Daí a dúvida: “Como funciona o financiamento?“.

Com base nisso, nós da Resolvvi resolvemos escrever este artigo para fornecer as principais informações acerca do funcionamento dos financiamentos.

Portanto, continue a leitura e confira.

👉 Quer fazer um financiamento mas está negativado indevidamente? Exija seus direitos e limpe seu nome!

O que é financiamento?

Antes de tratarmos sobre como funciona, achamos importante que você se esteja por dentro do que é um financiamento.

Nesse sentido, podemos dizer que financiamentos são facilitadores de compras de alto valor a longo prazo.

Com isso, eles são muito comuns em compras de imóveis e veículos, por exemplo.

Os financiamentos funcionam como empréstimos, já que o pagamento do valor devido ao vendedor é feito pelo banco.

Automaticamente, a dívida de quem faz o financiamento passa a ser com o banco e não com o fornecedor do produto.

Partindo desse fato, caso você não pague o parcelamentos corretamente, o banco ou instituição financeira poderão tomar o bem de você.

Sendo assim, você só poderá ter o bem como seu, de fato, quando houver a quitação da dívida.

Afinal, como funciona o financiamento?

Se você busca saber como funciona o financiamento, provavelmente está considerando fazer um.

Desse modo, devemos dizer que, assim como em algumas operações financeiras, no financiamento os bancos e instituições cedem recursos para a compra de bens.

Com isso, é cobrado um valor para fornecer o dinheiro, bem como há a inclusão de uma taxa de juros sobre o valor inicial.

E como já dito, a instituição faz a compra do bem e, futuramente, receberá o valor aplicado com juros mês a mês, por meio dos pagamentos feitos pelo beneficiado.

Portanto, é muito importante pesquisar qual banco ou financiadora possui os juros mais baixos, já que podem chegar a 4,5% ao mês.

Além disso, devemos dizer que as taxas são mais baratas que as de empréstimos, por exemplo, já que o financiamento funciona como uma ajuda para comprar um determinado bem.

Sendo assim, se possível, dar um valor de entrada pode ser uma ótima opção para diminuir o valor das parcelas.

Leia também o nosso artigo “8 dicas para fazer financiamento imobiliário“.

O que devo saber sobre o funcionamento do financiamento de veículos?

Basicamente, você deve saber que os financiamentos para compra de carros novos ou usados podem ser realizados em três modalidades, são elas:

  • CDC (Crédito Direto ao Consumidor):  O crédito concedido é realizado por um banco, ou seja, o veículo fica de posse do comprador, mas não pode ser negociado até o final do pagamento de todas as prestações.
  • Leasing: Quem compra o carro é a chamada empresa de leasing (um banco que trabalha com este tipo de serviço), e funciona como aluguel por um determinado período. Ou seja, o cliente paga pelo aluguel do carro, que fica no nome da empresa de leasing até o término das prestações, quando, sem ter de pagar mais nenhuma prestação, o consumidor passa a ser o dono do carro.
  • Consórcio: Aqui o consumidor faz parte de um grupo formado por outros compradores, organizado por uma administradora de consórcio. Nesse caso, o cliente paga as prestações mas só recebe o veículo quando é sorteado (uma vez por mês é contemplada uma pessoa).

Todas essas opções possuem pontos positivos e negativos, por isso elas devem ser comparadas com atenção, para que seja feita a melhor escolha de acordo com a necessidade de cada comprador.

O que devo saber sobre o funcionamento do financiamento de imóveis?

Esse tipo de financiamento consiste basicamente em um empréstimo, realizado geralmente por bancos, onde o comprador tem a opção de pagar em várias parcelas dentro de um determinado período de tempo. 

Tudo vai depender basicamente do:

  • valor do imóvel;
  • a quantidade de parcelas;
  • o valor dado como entrada;
  • as taxas de juros, entre outros fatores. 

Por se tratar da realização de um sonho para a maioria das pessoas que tomam essa decisão, é preciso ter cuidado com o entusiasmo e a pressa, pois eles podem ser grandes inimigos de uma boa decisão. 

Do que preciso para fazer um financiamento?

Como o financiamento funciona como uma facilitação de compra promovida por um banco, é importante que você esteja atento(a) a alguns fatos.

Primeiramente, devemos dizer que qualquer pessoa maior de 18 anos e que entenda como funciona o financiamento, pode tentar fazer um.

No entanto, vale ressaltar que a instituição financeira antes fará uma análise de perfil do requisitante para avaliar a viabilidade ou não de atender à solicitação.

Por isso é muito importante que o interessado tenha como comprovar uma renda suficiente de acordo com os valores das parcelas, além de não estar com o nome sujo.

Os documentos mais importantes para solicitar um financiamento são o RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda (atualizado), certidão de nascimento e declaração de imposto de renda (a quem for necessário).

Caso aprovado, serão apresentadas as propostas de compras, que irão determinar os valores e quantidade de parcelas.

Mas não podemos deixar de dizer que estar apto a fazer um financiamento nem sempre faz dele a melhor escolha.

Isso porque é muito importante que o interessado esteja ciente da sua situação financeira para evitar problemas futuros.

Porém, se mesmo sabendo como funciona o financiamento você achar que é uma boa opção, lembre-se de contar com um bom planejamento financeiro.

Para isso, nós da Resolvvi podemos lhe ajudar com a nossa planilha de planejamneto financeiro, basta deixar o seu e-mail abaixo.

Leia também o nosso artigo “10 dicas para fazer financiamento de veículos“.

Devo consultar meu CPF antes de tentar um financiamento?

Sim, sem dúvidas! Saber como funciona o financiamento também é sobre conhecer a situação do seu nome.

Isso porque pode existir a possibilidade de você estar com o nome negativado indevidamente, o que poderia lhe impedir de conseguir fazer.

Se esse for o seu caso, você pode contar com a equipe da Resolvvi para ajudar a buscar os seus direitos sem muitas dores de cabeça.

Assim, iremos lhe ajudar a limpar o seu nome e exigir a compensação em dinheiro pelo erro cometido pela empresa.

O melhor é que tudo é feito de forma online e você só paga o valor de serviço se ganhar.

Então, basta verificar seu caso grátis clicando no botão abaixo:

Além disso, leia também o nosso atigo “Posso fazer financiamento de veículo com restrição no CPF?” e saiba mais sobre o assunto.

Fazer um financiamento é vantajoso?

Agora que você já sabe como funciona o financiamento é hora de saber se é vantajoso ou não fazer um.

Achamos importante começar por dizer que fazer um financiamento pode ser bastante vantajoso.

No entanto, também se trata de um processo burocrático e que envolve muita responsabilidade.

Por estarem associados a bens de alto valor que serão pagos por um longo período de tempo, a desvalorização do dinheiro e as consequentes taxas de juros crescentes, por conta da correção monetária, são questões inevitáveis e que devem ser levadas em conta pelo solicitante.

Além disso, calcular os riscos de financiamento é muito importante. Para isso, um bom planejamento financeiro a longo prazo é necessário para evitar que o banco tome o bem de você no futuro.

Mas para aqueles que estão certos sobre a segurança financeira, o financiamento é uma boa opção, já que possibilita a aquisição de um bem de alto valor cujo a compra a vista não aconteceria facilmente.

Portanto, finalizamos por dizer que uma análise detalhada sobre tudo que envolve o funcionamento do financiamento e sua segurança financeira é o que determinará se será vantajoso ou não para você.

Conheça a Resolvvi

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.