Como saber se tem cartão de crédito no seu nome?

como saber se tem cartão de crédito no meu nome

Já se questionou como saber se tem cartão de crédito no seu nome?

Ser vítima de fraudes é um problema comum no Brasil.

Infelizmente, cada vez vemos mais reclamações nas redes sociais de consumidores com cartões de crédito emitidos por golpistas em seus nomes. 

E, para piorar, o consumidor só toma conhecimento do golpe quando a cobrança da fatura do cartão é emitida ou quando busca crédito e descobre que está com o nome negativado.

Por exemplo, ao fazer um empréstimo ou pedir um cartão de crédito.

E, por isso, descobre que seu nome está sujo por uma fatura que nem sabia da existência.

Como mencionamos, a suspeita pode ocorrer geralmente por conta de uma fraude no cartão de crédito. Inclusive, se você não sabe como evitá-las, baixe grátis nossas dicas 👇

Com o aumento das compras online, o número desses golpes ficou mais preocupante, a clonagem de cartão de crédito se tornou a fraude mais praticada na atualidade.

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas em conjunto com o Serviço de Proteção ao Consumidor mostra que em apenas 12 meses, quase 9 milhões de brasileiros foram vítimas desse tipo de fraude.

Por isso, é muito importante saber se tem alguém com cartão de crédito no seu nome e cuidar para que o número do seu CPF não caia nas mãos de fraudadores.

Principais formas de fazerem ou usarem um cartão de crédito no seu nome

Agora que você já sabe que podem criar uma linha de crédito usando seu nome ou mesmo usar o seu cartão, veja as principais situações em que isso pode ocorrer.

Assim, se você tem a dúvida sobre como saber se tem um cartão de crédito no seu nome, veja os tópicos seguintes:

1) Clonagem de cartão de crédito

A forma mais comum de fraude de cartão de crédito é, definitivamente, a clonagem. Ela pode ser feita de diversas formas, das mais corriqueiras às mais modernas.

Porém, os cartões físicos podem também ser um meio para essas fraudes, mas é mais comum serem aplicados nas compras online.

Com o crescimento do uso de cartões de créditos virtuais, a possibilidade desses tipos de golpes são consideravelmente maiores.

Em alguns casos, as próprias lojas virtuais conseguem analisar e identificar de que se trata de uma fraude.

Entretanto, os bancos são os responsáveis pela maioria dos bloqueios dessas compras, baseando-se nos históricos de compra do cliente.

2) Ligações e mensagens falsas para roubo de dados

Diferente das ligações de cobrança de terceiros, os golpes para roubo de dados são diferentes.

Essa modalidade de fraude é chamada de “phishing”, sendo aplicada em diferentes tipos de fraude, e as de cartão de crédito são as mais comuns.

Geralmente, a vítima recebe uma mensagem por e-mail, redes sociais, WhatsApp, SMS ou ligação que aparentam ter sido enviada pelo banco, mas que na realidade vem dos golpistas.

Logo, essa é uma tentativa de conseguir que a vítima envie seus dados pessoais.

Por exemplo, o nome completo, número dos documentos ou até mesmo os números do cartão de crédito.

Como posso saber se tem cartão de crédito no meu nome?

Como pode ser visto esse tipo de fraude é mais comum do que imaginamos.

Aliás, os bancos e administradoras de cartões de crédito geralmente chamam isso de “Roubo de Identidade”.

Geralmente o fraudador, seja um funcionário mal intencionado de alguma empresa ou uma quadrilha, consegue acesso às informações da vítima e as usa para solicitar um cartão de crédito.

1) Fique de olho no seu CPF

Tome cuidado para que o seu CPF não caia nas mãos de golpistas, esse é o principal cuidado a se tomar.

Com o número do CPF e alguns dados básicos como nome completo, endereço e nome da mãe, os fraudadores conseguem facilmente solicitar um cartão de crédito em nome de outra pessoa.

2) Banco Central

O Banco Central possui o Sistema Registrato, onde é possível ter acesso a informações como endividamento, relacionamentos no Sistema Financeiro Nacional e operações de câmbio.

Com o Registrato você pode ter acesso a informações de endividamento, O relatório do “Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS)” exibe relações de instituições financeiras que você possui algum relacionamento, como conta corrente, investimentos e poupança.

Portanto, o Registrato possibilita identificar se seus dados estão sendo usados por fraudadores.

3) Radar Pessoal 

O Boa Vista também possui uma ótima ferramenta para evitar fraudes com o seu CPF, o Radar Pessoal.

Ele informa por SMS ou e-mail se você tem dívidas vencidas ou não pagas, se seu nome está para ser negativado e quais empresas estão consultando seus dados.

Ao receber a notificação de que bancos e administradoras emissoras de cartão estão analisando seus dados você poderá rapidamente entrar em contato com eles para saber o motivo da consulta e já impossibilitar a emissão do cartão.

Leia também: Como saber se estão usando meu CPF? Seus direitos

4) Recebeu uma cobrança que não reconhece? Cancele a compra

Se chegar ao seu conhecimento uma compra com um cartão que você não solicitou ao receber a fatura para o pagamento ou quando seu nome ficar sujo, converse com o emissor e peça o bloqueio do cartão de crédito e o cancelamento da compra.

Para isso, você terá que enviar um Boletim de Ocorrência.

Se não souber em qual banco esse cartão foi emitido, procure uma delegacia de crimes cibernéticos logo após registrar o Boletim de Ocorrência.

Além disso, você pode tomar algumas providências desse ocorrido, uma delas é registrar a ocorrência no consumidor.gov.br, que é ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Outra cautela é encaminhar as informações sobre o golpe aos serviços de proteção de crédito como Serasa e Boa Vista.

👉 Fizeram dívidas indevidas em seu nome? Exija seus direitos e ganhe até R$10 mil!

Quais são as consequências de ter um cartão de crédito no meu nome?

O cartão de crédito facilita muito o dia a dia pois possibilita fazer compras parceladas.

Além disso, permite que não precisemos sair com dinheiro pela rua.

Entretanto, muitas pessoas acabam se endividando com ele, mas o problema em si não é o cartão de crédito, mas sim seu uso.

Risco de fraudes

A clonagem do cartão de crédito, ou qualquer outra fraude que possa acontecer eventualmente é um risco da administradora de crédito e não da vítima.

A administradora tem que garantir um ambiente seguro para a utilização dos seus serviços, devendo suspender quaisquer cobranças indevidas no momento em que o cliente contestar a cobrança.

Ter muitos cartões diminui meu Score?

Não necessariamente, depende do seu uso.

Ter muitos cartões de crédito pode sim afetar seu score, mas só irá prejudicar sua pontuação de crédito se você não paga em dia as faturas, ou se tem tantos que vários ficam sem utilização.

Entretanto, em alguns casos, ter mais cartões de crédito pode aumentar seu score se forem utilizados com responsabilidade.

Isso depende também do histórico de negativação do Serasa, que registra as suas movimentações financeiras e solicitações de crédito.

Portanto, ter muitos cartões só prejudica seu score quando você começa a atrasar o pagamento das faturas, ou quando você solicita muitos cartões em um período curto de tempo.

Se alguém fizer um cartão de crédito com meu nome, posso ficar negativado?

Ficar com o nome negativado indevidamente por uma dívida fruto de um golpe é possível, infelizmente.

Ter seu nome negativado pode trazer uma série de problemas, como dificuldade de conseguir crédito, seu score pode cair, seu cheque especial pode ser cancelado, etc.

Porém, mesmo já se dando conta que foi vítima de uma fraude e notificando a empresa envolvida que você não fez a compra, você só pode ser negativado por isso.‍

Portanto, é muito importante que você verifique nos órgãos de proteção ao crédito se seu nome está realmente negativado.

Além disso, tendo a certeza que você foi negativado e que foi vítima de uma fraude, há grandes chances de você receber uma indenização pelos danos morais sofridos.

👉 Descobriu que tem alguém usando seu cartão de crédito e seu nome foi negativado por isso? Verifique grátis agora mesmo se você pode ser indenizado.

Descobri que fizeram um cartão de crédito no meu nome, posso ser indenizado?

Sabendo que foi negativado indevidamente por conta de uma fraude e com as provas necessárias, o consumidor que foi vítima poderá solicitar a retirada da inscrição no Boa Vista ou Serasa e ainda receber uma indenização por danos morais.

Atenção: Para ter a certeza que você sofreu uma negativação, é muito importante que você tenha o comprovante de nome negativado. Para isso, basta clicar aqui.

Dessa forma, se você seu nome ou de um amigo está negativado indevidamente, fique sabendo que pode contar com a Resolvvi!

Com a Resolvvi, você pode entrar com seu pedido de indenização de forma online e sem audiências. E o melhor de tudo é que você só paga se ganhar!

Quer saber se seu caso é qualificado a uma indenização? Verifique grátis agora mesmo e limpe seu nome!