Como viajar com pouco dinheiro: 10 dicas para você!

como viajar com pouco dinheiro
Exija seus direitos sem sair de casa

Está pensando em viajar, mas no momento anda com o orçamento apertado? Saiba já estas 10 dicas de como viajar com pouco dinheiro!

Nem sempre é fácil planejar a viagem dos sonhos quando se está com limitação de recursos financeiros.

Apesar disso, o que poucas pessoas sabem é que viajar com poucos recursos é sim possível!

Desse modo, com o planejamento certo é possível aproveitar muito bem a viagem, e ainda conhecer muitos pontos turísticos desejados do local.

Quer aprender a como viajar com pouco dinheiro?

Leia as 10 dicas que preparamos para sua viagem!

Veja 10 dicas de como viajar com pouco dinheiro

Antes de tudo, para aprender a viajar com pouco dinheiro você deve pesquisar muito!

Isso porque, na maioria das vezes, as opções mais baratas estão “escondidas” na internet.

É preciso pesquisar muito e aprender certos “truques” que vamos lhe ensinar para montar uma viagem super econômica!

Leia também: Como comprar passagens aéreas baratas: 8 dicas incríveis

1) Pesquise alternativas de hospedagem

Infelizmente, é bem comum que a hospedagem seja o item mais caro de uma viagem.

Até mesmo alguns hotéis ou pousadas mais simples podem ter o preço bem elevado, a depender do local e da temporada.

Por isso, busque por alternativas como a estadia em albergues ou hospedagem gratuita em troca de trabalho.

Além de estar mais próximo de uma cultura local, você pode trabalhar em locais como ONGs e outras entidades beneficentes locais.

2) Atenção nos preços de passagem!

O segundo item mais caro de uma viagem é a passagem aérea.

Desse modo, principalmente os passageiros que buscam viajar em épocas de alta estação observam uma alta nos preços de passagem.

Assim, uma das alternativas, se é possível, é optar pela viagem de ônibus ou carro, por exemplo.

Lembrando que isso vale melhor para viagens pequenas, mas se você deseja se aventurar, esta pode ser uma ótima opção!

Além disso, uma dica muito importante é pesquisar passagens em baixa estação, e também criar uma rotina de acompanhar promoções em agências de viagem ou companhias aéreas.

3) Economize com a comida

Neste caso, é fundamental aprender a cozinhar e a encontrar pontos com alimentação barata!

Por isso, prefira bancas de comida local, ou até mesmo por fazer compras no mercado e levar itens para cozinhar em casa.

Isso porque, em viagens, comer fora todos os dias pode se tornar um gasto imenso.

4) Escolha bem seu destino

Em alguns casos, viajar para locais desejados no momento, ou que já se sabe que possuem um alto custo pode não ser a melhor opção.

Desse modo, para evitar gastos e ainda ter a chance de conhecer locais que nem todos os viajantes exploram, busque destinos alternativos!

Pode ser uma cidade no seu próprio estado, ou até mesmo locais na América do Sul, como Chile e Argentina.

Além disso, uma boa opção é viajar para locais onde o real é mais valorizado.

Isso irá lhe ajudar a economizar ainda mais!

5) Viaje com pouca bagagem

Aqui, o planejamento de itens a levar na bagagem é fundamental!

De nada adianta levar diversos itens e roupas se você irá usar poucos deles, não é mesmo?

E isso principalmente se a viagem for curta!

Pense bem, pois quanto mais pesada sua mala, mais caro sairá para despachá-la.

Em certos casos, se você consegue levar tudo na bagagem de mão, melhor ainda! Quer dizer que sequer terá que pagar uma taxa extra para despachar.

Leia também: Arrumar as malas: dicas para te ajudar a viajar melhor!

6) Viaje como um nativo

Além de economizar, se torna muito mais divertido acompanhar de perto a cultura do local!

Assim, quando você viaja como um nativo, não somente conhece os pontos turísticos com mais profundidade, mas também se conecta melhor com o local e consegue levar muitas experiências bacanas.

7) Cuidado com os brindes!

No Brasil, um dos modos carinhosos de se lembrar de uma viagem é fazer compras de brindes.

Presentes para amigos do trabalho, família, para decorar estão entre os motivos para comprar lembrancinhas.

Entretanto, isso pode ser uma armadilha para quem deseja aprender como viajar com pouco dinheiro!

Isso porque nem sempre os itens são baratos, e ainda que sejam, a compra em grandes quantidades pode acabar com seu orçamento e fazer com que você encurte a viagem porque está sem dinheiro.

8) Sempre que puder, opte pelo gratuito

Isso vale muito para passeios e pontos turísticos!

Consulte sempre se existe algum dia livre na semana em que turistas não pagam entradas ou passeios, ou se há descontos especiais também.

Além disso, analise se você pode dividir o valor do passeio com outros turistas ou amigos!

9) Economize com transporte

Em certos destinos, é possível até mesmo fazer boa parte dos trajetos à pé.

Em outros locais, o turista pode ter acesso a um sistema compartilhado de carros ou bicicletas, que são bem mais baratos do que contratar um transporte particular.

Além disso, consulte os preços de passagem dos transportes públicos!

Por vezes, você pode criar um cartão de transporte, com o qual irá se locomover de forma mais econômica.

10) Tenha um bom planejamento de viagem

Por fim, programe tudo!

Todos os pontos acima devem estar muito bem acertados antes de sua viagem acontecer.

De nada irá adiantar querer programar as economias somente no momento da viagem ou ao chegar no destino final.

Por isso, documente tudo! Faça uso de planilhas, cadernos, bloco de notas, tudo o que poderá lhe ajudar a organizar a viagem.

Quer viajar com pouco dinheiro? Não deixe de baixar nossa checklist de viagem.

Por fim, para lhe ajudar neste momento importante e especial, a Resolvvi preparou para você uma checklist de viagem!

Nela você poderá conferir todos os itens importantes para sua viagem, o que lhe ajudará a economizar tempo, dinheiro e uma possível dor de cabeça com a viagem.

👉 Quer planejar sua viagem nos mínimos detalhes? Basta clicar aqui e conferir!

1 thought on “Como viajar com pouco dinheiro: 10 dicas para você!

  1. Gostei da sua publicação e conseguir tirar algumas dúvidas
    que eu tinha e não sabia ao certo onde procurar para
    poder esclarecer. Também possuo um site gratuito de
    utilidade pública e gostaria que você conhecesse. E quem
    sabe até trocarmos experiências sobre SEO ou marketing
    digital em nosso segmento. Agradeço à atenção e que
    Deus nos abençoe.

Comments are closed.