Nome sujo caduca em 5 anos? Saiba tudo sobre!

Débora Mendes da Resolvvi Escrito por Débora Mendes da Resolvviem 19 de agosto de 2020
Nome sujo caduca em 5 anos? Saiba tudo sobre!

Sumário

indique e ganhePowered by Rock Convert

Você já ouviu alguém falar que nome sujo caduca em 5 anos? A expressão “dívida caduca” é muito comum no Brasil, e se refere aos débitos já vencidos. Quer saber tudo sobre vencimento de dívida? Acompanhe!

nome negativado

Com certeza você já ouviu alguém falando que não iria pagar uma dívida, porque o nome sujo caduca em 5 anos.

A expressão “nome sujo caduca” é uma variação popular do termo prescrição de dívida, que significa o tempo que uma empresa pode negativar um consumidor por um débito.

Muitos brasileiros, além de contraírem dívidas, também ficam com o nome negativado por conta do débito.

E, algumas vezes, também pode acontecer do consumidor esperar o vencimento da cobrança ao invés de negociar a dívida e se livrar do problema de uma vez.

Diante dos muitos mitos e verdades, é comum acontecer certa confusão sobre o termo prescrição de dívida.

Pensando nisso, vamos te esclarecer se nome sujo caduca mesmo em 5 anos e todos os direitos do consumidor nesses casos.

Quanto tempo para caducar nome sujo?

Da mesma maneira que uma dívida possui um tempo determinado para “vencer”, o nome sujo também pode caducar.

O que significa dizer que o “nome sujo caducou”?

Dessa forma, quando alguém diz que o nome sujo caducou, significa que a dívida que fez a inscrição nos birôs de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, não causou mais a negativação do nome.

Ou seja, passado o tempo determinado para o vencimento do débito em questão, o nome do consumidor devedor será limpo.

Leia também: Como limpar nome sujo?

Porém, isso não quer dizer que a dívida desapareceu!

Pelo contrário, o consumidor poderá sim ser cobrado. Porém, falaremos disso mais adiante, certo?

Em quanto tempo o nome sujo caduca?

Como já deixamos escapar, a empresa tem até 5 anos para fazer a cobrança judicial da dívida.

Sendo assim, o tempo que um nome sujo pode permanecer negativado por uma determinada dívida é também de 5 anos.

Por exemplo, imagine a seguinte situação:

Um consumidor fez uma dívida em um cartão de crédito por volta de 4 anos e seis meses atrás, mas nunca pagou o valor.

De lá pra cá, as taxas de juros se acumularam, ficando cada vez mais difícil fazer o pagamento.

Além do mais, seu nome também foi inscrito no Serasa por conta do débito, diminuindo, inclusive, a pontuação do Score.

Ao ouvir falar que a dívida venceria em poucos meses, passados os 5 anos, ele desistiu de vez de negociar a dívida.

Nesse caso, o consumidor de fato não poderá permanecer negativado. Do contrário, será considerado que o nome foi negativado indevidamente. Podendo gerar, inclusive, uma indenização por danos morais.

Por outro lado, se o consumidor não pode mais ser negativado pela dívida e a empresa não pode fazer a cobrança judicial, a dívida deixa de existir e não será mais cobrada?

Calma, a gente explica!

Como a empresa ainda pode cobrar a dívida que caducou?

Considerando que a dívida que sujou o nome caducou, ou seja, venceu ou prescreveu, a empresa ainda pode fazer a cobrança.

Porém, cobrar um consumidor cujo nome caducou em 5 anos possui algumas especificidades.

Então, como a dívida não desaparece, o que acontece com ela afinal de contas?

Como já falamos, o que pode acontecer é que o nome do consumidor seja retirado dos birôs de proteção ao crédito, e também não poderá ser feita qualquer cobrança judicial para realizar o pagamento.

Importante lembrar que, caso acionado judicialmente, o consumidor pode imediatamente alegar que já fazem mais de 5 anos da dívida. Nesse caso, o processo será extinto.

Isso quer dizer que posso esperar o nome sujo caducar?

Sabendo que após 5 anos a dívida supostamente desaparece, muitos podem achar vantajoso não pagar seus débitos.

Mas isso fica só nas aparências mesmo!

Apesar da dívida ter aparentemente desaparecido, você ainda pode ser prejudicado por ela!

Não é de forma alguma aconselhável fugir das ofertas de negociação de uma dívida ou mesmo permanecer 5 anos esperando a dívida sumir.

Pense que serão 5 anos sem conseguir boas linhas de crédito, empréstimos e todos os benefícios de se estar com o nome limpo.

Quero saber se minha dívida já venceu. Como consultar nome sujo?

Sabendo que nome sujo caduca em 5 anos, fica o alerta para consultar a situação do seu CPF nos birôs de proteção de crédito.

Felizmente, o procedimento pode ser feito de forma totalmente online, sem precisar sair de casa.

Além disso, também é possível acompanhar propostas de negociação e débitos em seu nome. Acompanhe!

Como saber se meu nome está sujo? Veja o passo a passo para fazer a consulta

Se você nunca ouviu falar de consulta no Serasa, este tópico é para você.

Caso você não saiba, é possível acompanhar todas as movimentações no seu CPF através de serviços como Serasa, SPC, Boa Vista SCPC e Blue365.

Leia também: Como saber se o nome está negativado?

Para saber se seu nome está sujo no Serasa, basta acessar a plataforma e clicar no botão de “Consultar grátis”.

Lá, você irá digitar seu CPF, criar uma conta e, em poucos minutos, acompanhar os débitos presentes no seu CPF, ofertas de negociação de dívidas e a pontuação do seu score.

Lembrando que no Serasa o serviço de consulta do seu CPF é gratuito. Caso o consumidor deseje utilizar outros serviços da plataforma, deverá pagar por isso.

Semelhante ao Serasa, o Boa Vista também possui o serviço de consulta gratuito e funciona de forma semelhante.

Sendo necessário somente o CPF e um rápido cadastro para consultar o nome sujo.

Ao consultar o nome sujo, o consumidor pode se deparar com dívidas existentes e ponderar quando será possível fazer a negociação.

Nesses casos, também pode surgir a dúvida: como saber se a dívida está perto de caducar?

Como saber que a dívida está perto de vencer?

Por dentro de tudo que envolve o nome sujo e seu processo de vencimento, deve surgir a dúvida: Mas como saber quando a dívida está perto de vencer?

É importante deixar claro que não existe nenhum tipo de alerta por parte do cobrador ao inadimplente.

É possível, somente, que as cobranças fiquem mais excessivas e apareçam mais propostas para quitar a dívida de vez.

Porém, fique atento a quando o prazo de vencimento da dívida começa a ser contado.

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o prazo de 5 anos para vencimento do nome sujo começa a ser contado no dia seguinte ao vencimento da prestação que não foi paga.

Logo, a data não é contada a partir da inscrição nos cadastros de inadimplentes.

Quanto tempo o nome fica sujo no banco?

Da mesma maneira que outras dívidas, o nome de um consumidor também pode ficar sujo por conta de um banco.

Logo, o mesmo prazo de 5 anos também vale para bancos.

Importante lembrar que o consumidor não pode ser cobrado de maneiras constrangedoras e abusivas.

Como, por exemplo, através de ligações ligações excessivas e em horários inconvenientes.

Leia também: Como cadastrar reclamação no site Não Me Perturbe

Estou negativado, quais as consequências de ter nome sujo?

Se você já realizou uma consulta no seu CPF perante o SPC ou Serasa, e identificou alguma dívida informada por uma empresa conhecida ou desconhecida, também deve saber que o seu nome está sujo.

Essa situação de negativação pode surgir das mais diversas formas, e pode ter acontecido por uma dívida legítima ou até mesmo indevida.

Quais seriam os casos que podem me levar a ficar com o nome sujo?

Se você já passou ou está passando por algum problema com pagamento de dívidas, ou de uma compra feita por meio de cartão de crédito, você pode ser alvo da negativação por uma dívida legítima.

Não ter um bom planejamento financeiro pode, inclusive, ser uma das causas de ter ficado com o nome sujo em primeiro lugar.

Alguns devedores até mesmo pensam que, nesse caso, o nome sujo caduca, e por causa disso nunca chegam a buscar uma negociação para pagar a dívida

Por outro lado, se você foi alvo de algum golpe no cartão de crédito ou alguma prestadora de serviços de internet e telefonia cobraram um valor na sua fatura que não foi gasto por você e, por isso, não foi pago, estamos falando de uma negativação indevida.

Mesmo que exista uma diferença entre as maneiras pelas quais a negativação pode acontecer, de maneira legítima ou indevidamente, ambas provocam os mesmos prejuízos ao consumidor.

O que significa estar com nome sujo? Quais as consequências?

Em qualquer situação, estar com o nome negativado pode influenciar bastante na impressão que os fornecedores no mercado têm de você.

Isso acontece porque, quando se está com o nome sujo, esse fato pode ser facilmente acessado por meio dos sites do SPC ou Serasa, pelo consumidor e pelo fornecedor.

Por isso, qualquer pessoa que conheça a situação de mal pagador revelada pelos órgãos de proteção de crédito pode evitar fechar negócios com você, seja a dívida legítima ou não.

Os principais problemas são:

  • Não conseguir contratar empréstimo, financiamento ou cartão de crédito;
  • Deixar de ser contratado por alguma empresa;
  • Redução no score, ligado diretamente à sua reputação de bom pagador;
  • Sofrer cobranças por meio da Justiça ou por vias administrativas;
  • Ser impedido de abrir uma conta no banco;

Se o seu nome está sujo por uma dívida que você não fez, passar por todas as situações que foram citadas pode ser ainda mais estressante!

Entretanto, se você se questiona em quanto tempo o nome sujo caduca, tendo uma dívida que pode ser cobrada pela empresa pelo fato de não ter sido devidamente paga, tome cuidado.

O mais recomendado é buscar sempre uma solução mais preventiva possível, pois ao “aguardar para ver” se o nome sujo caduca, existe a possibilidade de ser surpreendido por uma cobrança.

Quem tem nome sujo pode pedir cartão de crédito?

De acordo com as consequências que foram vistas no tópico anterior, você pode observar que uma delas é justamente o fato de o devedor não poder pedir um cartão de crédito.

Alguns consumidores que estão inadimplentes não têm como arcar momentaneamente com o pagamento da dívida, e sequer podem cumprir com seus compromissos diários pela falta de dinheiro ou crédito.

Apesar de o nome sujo poder gerar uma má impressão em relação ao consumidor, algumas empresas, identificando a necessidade de devedores que precisam realizar compras essenciais e básicas, passaram a disponibilizar cartões de crédito para quem está negativado.

É importante lembrar que o crédito oferecido para pessoas com nome sujo é feito de maneira bem diferente de outros bancos.

Powered by Rock Convert

No geral, em alguns cartões é possível perceber que o crédito concedido está condicionado a uma conta corrente ou conta em que o salário é recebido.

Ou seja, o valor que pode ser gasto é exatamente o quanto o consumidor tem disponível na sua conta para poder, posteriormente, pagar o valor gasto.

Mas as facilidades não param por aqui! Você sabia que além do cartão de crédito, é possível fazer empréstimo e até mesmo financiamento com nome sujo?

Na mesma linha de pensamento para os casos de cartão de crédito para negativados, outras instituições identificaram a necessidade de obter alguma linha de crédito em um momento de crise financeira.

Com menos burocracia e mais condições facilitadas, as empresas prometem atender essa parcela de consumidores que é rejeitada por diversos outros bancos.

Isso acontece porque não há uma consulta prévia ao SPC ou Serasa, que sinalizam imediatamente a situação financeira do devedor.

Lembrando que o critério para quem está com o nome sujo e deseja obter um empréstimo é de somente pegar a quantia necessária para cumprir os compromissos financeiros.

Afinal, se trata de uma dívida para pagar outra dívida, então tome bastante cuidado!

Para descobrir quais empresas oferecem o serviço de empréstimo para negativados, acompanhe esta leitura.

Como limpar nome sujo? Acompanhe o passo a passo!

Se você já fez uma consulta em seu CPF e está ciente de que seu nome está sujo, é hora de iniciar um bom planejamento para sair da situação.

Apesar de alguns devedores optarem por confiar no duvidoso fato de que o nome sujo caduca, é importante lembrar que esta não é a melhor solução para sair da situação de negativação.

Para que o devedor possa ficar com o nome limpo, é necessário, depois de ter feito uma consulta no próprio nome e saber qual empresa está fazendo a cobrança, seguir o passo a passo que vamos mostrar.

Passo 1) Buscar uma negociação direta com a empresa cobradora

Depois de verificar nas plataformas do SPC e Serasa qual é a empresa que está restringindo seu nome, é hora de negociar!

Esta etapa pode ser feita tanto de forma presencial como na modalidade online, por meio dos canais de atendimento via telefone ou plataformas e sites digitais.

Lembrando que algumas instituições financeiras têm plataformas próprias de negociação, apresentando todos os descontos e as facilidades para o pagamento da dívida, sendo necessário apenas o consumidor aceitar.

Apesar disso, é muito importante que você busque a melhor condição de negociação, seja pela facilidade do pagamento ou diminuição dos juros.

Para isso, você pode consultar o valor original da dívida e o valor em que está atualmente, contando com juros e multas.

Isso pode servir para, no momento da negociação, você conseguir chegar o mais próximo possível do valor original, pedindo abatimento de juros e multa.

Além disso, lembre-se que boa parte das empresas oferecem algumas formas de pagar o débito: à vista ou parcelado.

Geralmente, nos casos em que o devedor opta por pagar a dívida à vista, as facilidades são ainda maiores, e também é possível pedir por melhores condições de pagamento.

Já na modalidade parcelada, pode ocorrer de, mesmo o valor facilitado, sofrer acréscimos, sendo muito importante que você analise se realmente compensa pagar o débito na modalidade parcelada.

Outra dica muito importante é: comece sempre pela dívida mais fácil de pagar!

Isso pode ajudar a dar um senso de conquista maior, como se fosse uma meta pessoal batida.

E, além disso, ir liberando seu orçamento para outras necessidades ou para o pagamento de outras dívidas.

Posso pedir empréstimo para pagar dívidas?

Uma outra alternativa para o pagamento de dívidas pode ser também a realização de empréstimo com condições facilitadas ou pagamento de contas com cartão de crédito.

Conforme mencionamos em tópico anterior, existem empresas que oferecem empréstimo e cartão de crédito para negativados.

Apesar disso, você deve ser muito prudente antes de fazer uma nova dívida para pagar outra dívida.

Nesse caso, é importante analisar se realmente é necessário fazer isso ou se é possível sair dessa situação de outra maneira.

Passo 2) Estar atento a feirões de negociação e intermediários

Além da negociação direta com o cobrador da dívida, existem outras maneiras de buscar melhores condições para limpar seu nome.

A primeira forma alternativa é buscar feirões de negociação, como por exemplo, o Serasa Limpa Nome, onde você pode ter um desconto de até 90% para pagar uma dívida.

Além disso, é possível consultar o próprio site do Serasa Limpa Nome e conferir algumas ofertas das empresas, sendo necessário somente digitar seu CPF e fazer a consulta.

Caso exista alguma proposta que seja interessante, basta escolher a opção que é mais viável e gerar um boleto para pagar sua dívida, tudo isso sem burocracia e com um passo a passo bem simples!

A outra maneira é buscar empresas intermediárias de negociação, como por exemplo, a empresa Blue365, que ligam o devedor à empresa credora para que as ofertas de pagamento sejam disponibilizadas.

Passo 3) Fazer um bom planejamento financeiro

Antes e depois de pagar uma dívida, a etapa do planejamento financeiro é essencial!

Se você está se preparando para pagar uma dívida, um bom plano financeiro pode ajudar a calcular suas despesas essenciais.

Por exemplo, conta de luz, água, telefone, compras no supermercado, etc.

Além disso, será possível definir quanto do seu orçamento poderá ser destinado ao pagamento de dívidas.

Mas e se eu já paguei minha dívida, preciso de um planejamento financeiro?

Você sempre vai precisar manter um controle das suas finanças, tendo dívidas ou não.

Depois de pagar uma dívida, caso seus gastos e entradas não sejam controlados, é muito provável que seu nome fique sujo novamente.

Algumas dicas importantes para manter as finanças em dia após pagar  uma dívida são:

  • Revise seu estilo de vida, e se for possível, viva um nível abaixo dos seus gastos;
  • Corte gastos que não são essenciais;
  • Negocie gastos recorrentes (por exemplo: aluguel, plano de internet e telefonia);
  • Elimine anuidades de conta bancária e taxas de cartão;
  • Visite constantemente seu extrato bancário e sua fatura, para saber quais gastos está tendo;
  • Busque uma fonte de renda secundária.

Se você precisa de uma renda secundária para evitar o constante endividamento e limpar seu nome, não deixe de considerar as opções online.

Como, por exemplo, através de programas de indicação, afiliados e aplicativos para ganhar dinheiro.

Lembre-se que, em qualquer situação, seu orçamento deve ser realista e adaptado para você para que ele possa dar certo, ok?

Vale utilizar aplicativos de finanças, planilhas de planejamento financeiro e até mesmo bloco de notas para manter todos os gastos e entradas na ponta do lápis.

Além disso, uma das dicas mais importantes: leia sobre organização financeira e trabalhe sua mente com podcasts, cursos e livros!

O fator principal que nos leva a gastar é alimentar nossa mente com coisas e mais coisas que possam ser compradas.

Se você quer provocar o efeito inverso, busque aprender mais sobre controle financeiro e como ajustar sua forma de pensar para gastar menos e eliminar os gatilhos que te fazem ficar endividado.

Nome continua sujo após 5 anos? Você pode ter direito a uma indenização!

Algumas perguntas bastante recorrentes de consumidores que estão na condição de devedores são: nome sujo caduca? Quanto tempo demora para caducar nome sujo?

A resposta para esse questionamento é: depende!

Sim, é possível afirmar que o nome sujo caduca, mas devemos prestar bastante atenção na maneira como isso acontece.

Uma dívida que “caduca” é aquela em que a empresa que pode cobrar do devedor perde a oportunidade de fazê-lo na Justiça, por meio de um processo.

Isso acontece porque a empresa, às vezes por desatenção, deixa de tomar as medidas necessárias e previstas na lei para acionar a cobrança do devedor.

Por esse motivo, quando a dívida caduca em 5 anos, pelo fato de não ser possível fazer uma cobrança Judicial, o credor da dívida retira o nome do devedor daqueles órgãos como o SPC e o Serasa.

Lembrando que: apesar de o nome sujo caducar, isso não quer dizer que a cobrança não pode acontecer!

Existe a possibilidade de o valor ainda ser cobrado, mas de outras formas que não pela via da Justiça.

Além disso, é muito importante mencionar que as dívidas vencidas de pessoas que fizeram débitos com o governo não são isentas de cobrança.

O que ocorre é a impossibilidade de o Governo cobrar a dívida judicialmente, passados 5 anos. Mas, da mesma forma que uma dívida que caduca, ainda pode ser cobrada de outras formas.

E se a dívida caducou ou prescreveu, a empresa ainda pode manter meu nome negativado?

De maneira alguma!

Se uma dívida está vencida e você recebeu alguma notificação de que seu nome permanece negativado ou se isso foi feito posteriormente, saiba que é uma cobrança indevida e abusiva.

Por esse motivo, uma vez que o devedor verifica essa situação de cobrança, basta entrar em contato com a empresa que fez a negativação, pedindo a retirada imediata da restrição.

Nesse caso, seu argumento é dizer que a dívida já prescreveu e, de acordo com a lei, você não deve ficar negativado.

A empresa manteve a negativação do meu nome por dívida caduca, o que posso fazer?

Para demonstrar que o seu nome está negativado por dívida caduca/prescrita, basta demonstrar que, desde a data inicial da dívida, até o momento atual, foram contabilizados 5 anos.

Além disso, é preciso provar que a empresa ou o Governo não tomaram nenhuma providência para fazer uma cobrança.

Se após a comprovação você perceber que seu nome ainda está sujo pela dívida vencida ou se o seu nome foi cadastrado no SPC ou Serasa, é possível pedir indenização por danos morais!

Isso é possível pelo fato de esse tipo de cobrança ser considerado abusiva e incabível, já que se passaram 5 anos e o cobrador não buscou obter o valor.

Banner-Como-processar-empresas-sozinho

Como posso exigir meus direitos em caso de nome negativado por dívida caduca?

Para buscar seus direitos, você pode entrar com um pedido na Justiça Especial ou na Justiça Comum.

Por meio da Justiça Especial, ou seja, no Juizado Especial Cível (JEC), basta procurar a unidade mais próxima e fazer um breve relato do caso para iniciar o processo.

Leia também: Como processar uma empresa sozinho?

Não é preciso pagar nenhum valor para iniciar o processo e nem contratar um advogado, mas o valor requerido não pode ultrapassar o limite de 40 salários mínimos.

Se você desejar um acompanhamento mais personalizado e seguro, e caso seu pedido ultrapasse o valor de 40 salários mínimos, o mais indicado é que busque um advogado.

Com isso, é possível ter acesso à Justiça Comum, na qual o advogado poderá fazer um acompanhamento personalizado e verificar o processo, do começo ao final.

Limpe seu nome e ainda receba uma indenização de forma online

No entanto, existe uma possibilidade descomplicada para buscar seus direitos em caso de nome negativado por dívida prescrita.

Como já falamos, a inscrição de um CPF nos birôs de proteção ao crédito depois do vencimento da dívida é considerada uma inscrição indevida.

E, por isso, o consumidor terá direito a uma indenização por danos morais.

Com a Resolvvi, tudo isso pode ser resolvido de forma totalmente online, sem burocracias e audiências.

Com um simples relato do seu caso, o consumidor que passar por isso irá fazer um cadastro e contar com a ajuda dos nosso especialistas em direito do consumidor.

Quer saber se seu problema de nome negativado indevidamente por dívida prescrita é qualificado a uma indenização? Verifique grátis agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Avatar Marcio José da Cunha Mendonça disse:

    Tinha uma divida que já tinha caducado mas o Serasa me ofereceu uma proposta pra pagar parcelado com a proposta de aumentar meu escore paguei a primeira e eles não aumentaram alegando que eu perdi o prazo sendo que paguei no prazo se eu parar de pagar eles podem incluir meu nome outro vez no cadastro de devedores?