Permissão Internacional para dirigir: saiba o que é e como tirar a sua

Giovanna Damasceno da Resolvvi Escrito por Giovanna Damasceno da Resolvviem 26 de outubro de 2020
Permissão Internacional para dirigir: saiba o que é e como tirar a sua
indique e ganhePowered by Rock Convert

Você sabe o que é e como tirar sua permissão internacional para dirigir? Acompanhe a leitura e tire suas dúvidas sobre o assunto!

Animated GIF

Se você está planejando uma viagem para o exterior e precisa se organizar para garantir que todos os documentos necessários serão levados, não se esqueça que a Permissão Internacional para Dirigir é um dos mais importantes.

Há quem não goste de dirigir, é verdade. Mas essa prática é indispensável para que qualquer pessoa possa se deslocar com tranquilidade, tanto no seu país, quanto em outros lugares do mundo.

Muitas vezes, quando se precisa viajar para o exterior, um dos elementos que mais ajuda na rotina da viagem é o acesso a um carro particular, de modo que o aluguel de um veículo pode ser imprescindível para se deslocar para diferentes endereços.

Seja para momentos de lazer ou para viagens de negócios, quem está fora do país pode ter dificuldades para chegar aos locais onde precisa comparecer.

O transporte público é uma das opções, assim como os serviços de transporte com motorista particular bilíngue, que podem ser utilizados ou contratados por estrangeiros  durante a sua estadia no local.

Mas quem prefere dirigir por conta própria desfruta de vários benefícios, como o de se locomover com maior autonomia, ter liberdade com os horários em que vai se deslocar e até mesmo conseguir uma economia maior do que nos serviços particulares.

Para que isso seja possível, no entanto, alguns países exigem que o turista tenha um documento que ateste a sua capacidade de dirigir, o que inclui ter alguns conhecimentos gerais sobre as leis de trânsito do local.

É nesse momento que entra a necessidade de ter uma Permissão Internacional para Dirigir (PID), de maneira que o viajante possa conduzir um veículo com tranquilidade em solo estrangeiro.

Leia também: Remédios para viagem: a sua saúde deve ir na mala

Por isso, se você está pensando em viajar mas ainda não fez o check-list de todos os itens que precisa levar, não deixe de considerar a PID entre um dos documentos mais importantes da viagem.

Para saber mais informações sobre a Permissão Internacional para Dirigir, tais como as exigências para obtê-la e o passo a passo de como conseguir a sua, siga na leitura deste artigo e entenda como concluir o processo com tranquilidade.

O que é a Permissão Internacional para Dirigir?

No Brasil, quem deseja dirigir um veículo precisa emitir a sua CNH, a carteira nacional de habilitação. Ela trata-se do documento emitido após a conclusão do curso e das provas que atestam a capacidade dos cidadãos de conduzir um carro em território nacional.

No curso de formação de condutores (CFC), o aluno aprende uma série de informações valiosas, tais como:

  • Processo de habilitação;
  • Leis e sinalização de trânsito;
  • Primeiros socorros;
  • Direção defensiva;
  • Mecânica básica;
  • Meio ambiente e cidadania;
  • Entre outros.

Todo o conhecimento obtido no CFC é importante, pois oferece noções básicas e essenciais sobre processos de renovação e regularização da CNH suspensa, a respeito das peças do automóvel, sobre como prestar os primeiros socorros em um acidente, etc.

Mas um motorista devidamente habilitado não está limitado a conduzir um carro apenas no seu país. Ele pode facilmente precisar fazer uma viagem internacional e precisar dirigir em solo estrangeiro.

Como não poderia deixar de ser, é indispensável que ele tenha um documento que comprove que ele está apto para essa função, de modo que seja visto como um motorista responsável também em outras localidades.

Caso o condutor tenha pontuação no seu prontuário devido a algumas infrações, isso não é um impeditivo para conseguir o PID. Assim, mesmo que ele queira limpar pontos da cnh, a solicitação pode ser feita em paralelo.

A pontuação, neste sentido, deve estar dentro dos limites estabelecidos pelas normas de trânsito, de forma que a CNH ainda esteja válida e sem nenhum tipo de suspensão.

A PID é um documento que atesta a capacidade do turista de conduzir um veículo de maneira responsável e válida.

Porém, como a CNH é um documento brasileiro, o condutor precisa emitir a sua Permissão Internacional para Dirigir, de modo que ao precisar utilizá-la no exterior, ele tenha a tranquilidade de estar cumprindo as determinações do país.

Por isso, é possível dizer que a PID é um tipo de CNH internacional, já que possui a mesma função e é exigida para a mesma atividade.

Vale ressaltar que não é necessário passar por um novo processo de formação para obter a Permissão Internacional para Dirigir. Isso porque ela possui as mesmas informações da CNH, que são traduzidas para outros idiomas, validando todos os dados ali presentes.

banner_telegramPowered by Rock Convert

Nesse caso, o documento pode ser emitido em nove línguas, que são: inglês, espanhol, português, chinês, japonês, árabe, russo, francês e alemão.

Como a PID funciona e em quais países ela é necessária?

Para que se possa obter a Permissão Internacional para Dirigir, é necessário que o motorista já tenha a sua habilitação, que atesta a sua preparação prévia para a condução de um veículo automotor.

Mesmo que ele esteja passando por aulas práticas para habilitados para reforçar a sua experiência na direção, a PID pode ser solicitada, uma vez que a CNH do condutor é válida em todo território nacional.

Assim, com o documento em mãos, ele poderá solicitar a PID, que terá validade máxima de 3 anos. Quando a CNH possui um prazo de vigência menor do que 3 anos, a Permissão Internacional acompanhará esta mesma validade.

Mas, mesmo que a CNH tenha um prazo maior de vencimento, a PID permanece com o limite de 3 anos, precisando ser renovada após esse período.

Existe uma lista grande de países que aceitam a PID emitida no Brasil, o que torna o processo mais simples para quem decidiu fazer a mala estilo vintage para viajar e se programou para fazer os seus passeios no local dirigindo um automóvel.

Essas nações são as signatárias da Convenção de Viena e também os países que seguem o princípio de reciprocidade.

Nos países das Partes Contratantes da Convenção sobre Trânsito Viário é necessário apresentar a PID juntamente com a CNH dentro da validade.

Alguns dos países que aceitam a PID são: Canadá, Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália, México, Paraguai, Portugal, Rússia, Uruguai, entre muitos outros.

Passo a passo para solicitar a PID

Ao contrário do que se imagina, solicitar a Permissão Internacional para Dirigir é bastante simples. Isso porque não é necessário passar por um processo extra de formação de condutor.

Assim como pode ser possível fazer uma reserva online de ônibus de fretamento para excursões, a solicitação da PID pode ser feita pela internet, no site do DETRAN (Departamento de Trânsito) da cidade em que a CNH está registrada.

Para isso, é necessário fazer login no site e preencher os dados solicitados no formulário. Depois de confirmar a solicitação, é preciso realizar o pagamento da taxa referente ao serviço de emissão e do valor de envio do documento para o seu endereço.

É importante conferir se o custo do envio está incluído no valor total do pagamento, caso contrário, pode ser necessário fazer uma nova solicitação no site do DETRAN.

O prazo de envio da Permissão Internacional para Dirigir é de, em média, 7 dias úteis. Não se esqueça de conferir se o endereço cadastrado está atualizado, para que o documento chegue na residência corretamente.

A importância de solicitar a Permissão Internacional para Dirigir

Quem deseja viajar quer ter boas recordações e desfrutar de momentos interessantes, aproveitando a oportunidade para levar até mesmo um vinho para lembrança do país visitado.

Leia também: Posso levar comida no avião? Tudo sobre alimento em voos

Não à toa, a organização para uma viagem, principalmente em destinos internacionais, demanda alguns cuidados específicos, como a emissão de passaporte, a solicitação de vistos, a contratação de seguro saúde, etc.

Tudo isso depende do país para onde se vai, que pode exigir mais documentos, o que ajuda no controle da presença de estrangeiros dentro do território.

Nesse sentido, quem vai viajar e ficar certo tempo no destino precisa contar com algumas facilidades, como a locação de automóvel com chave com chip, por exemplo, ajudando no deslocamento entre diferentes pontos turísticos.

Mas, justamente por ter que dirigir nas ruas e rodovias internacionais, é necessário estar legalizado no país, de forma que ao ser abordado pelas autoridades locais, o condutor possa entregar a PID e evitar problemas nesse sentido.

Sendo assim, ao decidir viajar, não deixe de fazer a solicitação da sua Permissão Internacional para Dirigir com tempo hábil para que o documento chegue na sua casa e você possa levá-lo na viagem.

Vale lembrar que grandes redes internacionais especializadas em aluguel de veículos exigem a PID, justamente para ter a segurança de estar locando o carro para clientes devidamente habilitados para a condução de veículos.

Por isso, não deixe de entrar no site do DETRAN da sua cidade, preencha o cadastro e, após o pagamento, receba o documento no seu endereço para desfrutar de uma viagem tranquila e agradável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Facebook Comments

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários