Pode levar fruta no avião? Entenda tudo sobre frutas e verduras em voos

pode levar fruta no avião

Será que pode levar fruta no avião? Acompanhe este artigo para saber tudo sobre frutas e verdura em voos nacionais e internacionais!

Todo mundo algum dia já ficou na dúvida se pode levar lanche no avião.

E isso acontece porque as companhias aéreas possuem regras muito específicas de funcionamento.

Por isso os passageiros acabam ficando com algumas dúvidas, como saber se pode levar perfume na bagagem de mão, por exemplo.

Pode levar fruta no avião? Saiba como funciona as regras de comida no avião

Não é raro ouvir falar de passageiros que ficam se perguntando o que pode levar no avião, mas com tantas normas de funcionamento nas companhias, é normal que isso aconteça.

Afinal, muita gente também não sabe se pode levar comida no avião.

E quando o assunto é comida, as pessoas têm gostos e costumes muito diferentes, portanto pode surgir uma dúvida se é possível levar fruta no avião.

Além disso, as empresas oferecem serviço de bordo, então as comidas podem variar a depender do tipo de voo, do horário e da classe em que se está voando.

Ou seja, em voos nacionais é muito comum receber snacks ou petiscos como alternativa de lanches mais rápidos.

Mas em voos internacionais já existe a possibilidade de você receber uma refeição completa.

Vale lembrar que isso pode depender do horário da viagem, claro.

No entanto, como dissemos, nem sempre as pessoas possuem os mesmos gostos e costumes.

Por isso preferem levar sua própria refeição e lanche, e é aí que pode surgir a dúvida do consumidor.

Pode levar fruta no avião? Se quiser descobrir, então acompanhe os tópicos a seguir!

👉 Teve problema com voo em sua última viagem? Exija seus direitos e receba uma indenização!

Afinal, pode levar fruta no avião?

Em primeiro lugar, se você quer saber se pode levar fruta no avião, é importante lembrar que pode levar comida no avião, mas desde que esteja dentro da sua bagagem de mão.

Então, lembre-se de reservar um espaço para os alimentos e fique ligado no que pode levar na bagagem de mão! 

Além disso, também é importante entender que o passageiro pode levar comida no avião em voo internacional, mas as regras podem variar.

E isso vai depender do destino e da companhia aérea escolhida para fazer a viagem.

Em geral, produtos de origem vegetal e animal não podem ser transportados entre as fronteiras, então pode ser que seja complicado levar fruta no avião.

Portanto, antes de organizar sua bagagem, o recomendado é verificar quais são as orientações de cada país e de cada companhia, e isso inclui os locais de escala.

Assim, você evita quaisquer imprevistos e faz uma viagem mais tranquila.

Mas vamos ao que interessa, se você quer descobrir se pode ou não levar fruta no avião, vamos explicar tudo sobre como funciona para levar comida no avião.

Sendo assim, é possível levar alguns tipos de comidas no avião, tanto para consumo pessoal quanto para transportar para o seu destino final.

Porém, é extremamente necessário que o passageiro verifique quais são os alimentos permitidos.

Para isso, você precisa pesquisar quais são as determinações da companhia aérea com a qual você viajará e dos órgãos de fiscalização do local de desembarque.

Assim você fica por dentro daquilo que o lugar a ser visitado permite.

Será que fruta está incluído naquilo que o passageiro pode levar no avião? Veja abaixo a lista de alimentos que podemos transportar no avião!

Saiba o que o passageiro pode levar em voos internacionais

Será que pode levar fruta no avião nos casos de viagens internacionais?

Em resumo, os passageiros não podem trazer, ao voltar de viagens internacionais, alimentos e outros produtos de origem animal e vegetal.

A não ser que haja uma autorização especial em que o passageiro obtém com antecedência à viagem.

Nos casos de transportes desse tipo de alimento, como frutas, legumes e outros de origem animais, a recomendação para não levar no avião é por conta de pragas ou doenças.

Ou seja, o objetivo da proibição é evitar que haja a disseminação de pragas e doenças no país.

E isso vale tanto para a entrada nos países quanto para a saída.

Alguns países proíbem de levar no avião produtos alimentares não industrializados e frescos em seus territórios.

Mas outros, como o café torrado e o chocolate estão liberados.

Além disso, os produtos de origem vegetal que têm um grau de processamento maior, como doces de frutas e farinha, também podem ser levados na mala.

Ou seja, para aqueles que querem levar fruta no avião, só é possível levar um doce ou geleia dessas frutas, desde que industrializados.

Países como os EUA ou a Austrália, por exemplo, não permitem a entrada da maioria das verduras, frutas, sementes e produtos de origem animal.

Esses produtos também não podem ser transportados para o território da União Europeia, caso sejam provenientes de países terceiros.

Será que pode levar fruta no avião em voos nacionais? Leia o tópico abaixo para descobrir!

Leia também: Pode levar perfume na bagagem de mão? Confira seus direitos!

Saiba o que o passageiro pode levar em voos nacionais

Diferentemente dos voos internacionais, as viagens dentro do nosso território costumam ter regras mais amenas.

Sendo assim os transporte dos seguintes alimentos são permitidos:

  • Pão;
  • Sanduíches;
  • Pizza;
  • Cereais;
  • Bolos;
  • Chocolate;
  • Frutas secas;
  • Tortas;
  • Bolacha e biscoito.

Ou seja, você pode levar fruta no avião desde que elas sejam secas, como bananas passas, por exemplo.

Além disso, para que você consiga levar alimentos líquidos na mala, é necessário que você tenha cuidado para a capacidade do frasco.

Isso porque as embalagens devem ter, no máximo, 100 ml. Veja abaixo algumas opções do que pode levar na mala:

  • Geleia;
  • Húmus;
  • Requeijão;
  • Molhos;
  • Iogurte;
  • Óleos e vinagres;
  • Líquidos em geral (chá, sucos, refrigerantes).

Conheça a Resolvvi e saiba como ir em busca de seus direitos

💡 Já parou para pensar no número de consumidores que nunca buscou seus direitos porque não os conhece bem ou acha que não vai dar em nada?

A Resolvvi é uma startup que tem como missão garantir o acesso à justiça para todos os brasileiros.

Este conteúdo é parte desse propósito e vai ajudar você a caminhar até os seus direitos como consumidor. Vamos com a gente?

Nos siga nas redes sociais:

E também faça parte da nossa comunidade de consumidores que não deixam barato e querem fazer justiça.