Viajar na terceira idade: A importância e os benefícios

viajar na terceira idade
Exija seus direitos sem sair de casa

Sabe aquela imagem que tínhamos dos idosos sentados em casa na frente da TV? Pode tirar isso da cabeça, pois é cada vez mais comum viajar na terceira idade – inclusive, existem muitas excursões especializadas em itinerários para quem tem mais de 60 anos.

Além de ser uma ótima opção de lazer, as viagens também trazem muitos benefícios para a saúde física e mental dos idosos. Ou seja, é uma das melhores maneiras de criar memórias inesquecíveis e aproveitar o tempo livre.

Animated GIF

Diante disso, o ramo de turismo para a terceira idade tem se expandido cada vez mais, oferecendo inúmeras opções, levando em conta os destinos mais acessíveis e divertidos para os idosos.

No artigo de hoje, saiba mais sobre a importância e os benefícios de viajar na terceira idade. Acompanhe a leitura!

Conheça 7 benefícios de viajar na terceira idade

Para quem está buscando viagens inesquecíveis, mas já atingiu uma certa idade em que é difícil dirigir por várias horas até chegar ao destino, uma alternativa é fazer a cotação de um translado de van. As próprias agências de turismo já oferecem essa opção aos idosos.

Além de evitar as longas horas dentro de um carro, não é preciso se preocupar com paradas, preço de combustível e pedágio (já que tudo está incluso no pacote), fora que é uma ótima oportunidade para fazer novos amigos.

Só aí já temos um dos benefícios de viajar na terceira idade. Grande parte das vans de excursão contam com um cartão do idoso para estacionamento, facilitando a locomoção dos mais velhos, especialmente para os que têm dificuldade de mobilidade.

Mas os benefícios vão muito além disso. A seguir, conheça algumas das principais vantagens de viajar na terceira idade.

1 – Melhora a memória

Não é incomum ouvirmos falar que a idade é uma das grandes responsáveis pela nossa perda de memória. Sim, de fato quando ficamos mais velhos, é mais fácil esquecer das coisas e das experiências passadas.

A boa notícia é que as viagens ajudam a estimular a memória, aumentando a atividade cerebral e colaborando para a criação de novas lembranças.

Por exemplo, no meio de uma viagem, enquanto compra um vinho de presente, você pode se lembrar da sua festa de casamento, ou de um evento que te marcou bastante.

2 – Contribui com o bem-estar

O bem-estar é algo constante nas viagens. Afinal de contas, nada melhor do que sair um pouco da rotina e aproveitar as belíssimas paisagens, experiências e momentos que nos deparamos ao longo de uma viagem.

Os idosos sofrem com uma rotina doméstica monótona, entediante e limitada, que pode contribuir com o desenvolvimento de transtornos psicológicos e doenças psicossomáticas.

Inclusive, muitas pessoas mais velhas não saem de casa quase que para nada, já que hoje em dia é possível ter atendimento médico domiciliar, além da entrega de produtos em nossa porta.

Por isso, as viagens possibilitam que os idosos saiam desse ambiente monótono, quebrando a rotina e contribuindo com o bem-estar.

Além disso, é uma ótima oportunidade para conhecer novos amigos ou aproveitar o tempo junto aos familiares.

3 – Melhora a saúde física

Não é só o psicológico que melhora com as viagens, mas até a saúde física entra no jogo. 

Muitas viagens estimulam a movimentação do corpo, com passeios, caminhadas, atividades ao ar livre, entre outras iniciativas que são extremamente prazerosas e que, ao mesmo tempo, estimulam a circulação e oxigenação do sangue.

Com esses exercícios, o idoso pode diminuir a sua pressão arterial, além de controlar vários tipos de doenças crônicas. Fora que tirar uns dias de descanso da rotina já é algo significativo para a saúde.

Afinal, nada melhor do que uma caminhadinha de manhã na praia, depois ir até o quiosque modernos para relaxar e curtir o som do mar.

4 – Aumenta a rede de apoio

Muitos idosos se sentem sozinhos, devido ao tempo que passam em casa sem ninguém para socializar. Com as viagens, é possível ter contato com novas pessoas e construir amizades, o que contribui para a rede de apoio do idoso.

Por essa razão, as excursões são as preferidas da terceira idade. Aliás, quando esse vínculo é forte, muitos idosos combinam de fazer outras viagens juntos, conhecendo restaurantes com buffet de massas, pontos turísticos, entre outros locais.

5 – Melhora a autoconfiança e criatividade

Quando viajamos, temos a tendência de ver o lado bom da vida, deixando de lado às nossas preocupações que nos assolam no dia a dia. Sendo assim, os idosos que viajam se sentem mais confiantes, pois experimentam uma ótima sensação de liberdade.

Além do mais, diferentemente de situações estressantes que tendem a enfraquecer as redes neurais, as viagens despertam o inverso: há um estímulo do cérebro.

Tanto que não é incomum que um idoso se lembre de uma aula de inglês infantil, que teve há anos atrás, durante uma viagem para um país diferente.

6 – Estimula o bem-estar emocional

Quando o idoso conhece lugares novos, saindo da rotina maçante do dia a dia, ele também pode distrair a cabeça e esquecer seus medos, aflições e preocupações.

Isso porque as viagens estimulam a produção de endorfina e serotonina no cérebro, hormônios que despertam a sensação de euforia, bem-estar e felicidade. Ou seja, o lado emocional é positivamente trabalhado.

Em alguns casos, as viagens são terapêuticas, contribuindo para a diminuição de quadros de depressão e ansiedade, que são comuns na terceira idade.

7 – Realizar antigos sonhos

Sabe aquela vontade que você tinha de conhecer uma cidade, mas acabou não indo quando jovem por falta de tempo? Agora, é o seu momento de realizar um antigo sonho!

Fora isso, antigamente as viagens eram muito trabalhosas. Pode parecer besteira, mas muitos idosos conheceram o famoso parcelamento no cartão de crédito só agora.

É muito mais fácil todo o processo de entrega de documentos e pagamento para realizar uma viagem, além disso, você tem mais tempo (principalmente, se estiver aposentado).

Então, o momento é agora: faça suas malas e escolha o destino que você sempre quis conhecer!

Só idosos aposentados podem viajar?

É claro que não! As viagens são ótimas para qualquer pessoa, inclusive quem se mantém ativo na terceira idade, mantendo a carga horária de trabalho.

Com o número crescente de idosos e o aumento da expectativa de vida, muitas pessoas resolvem continuar no mercado de trabalho, mesmo depois de aposentar. É uma forma de complementar a renda e não ficar parado.

Inclusive, é extremamente recomendado tirar umas férias e aproveitar a oportunidade para viajar um pouco, quebrando a rotina de trabalho, casa, dormir e trabalho de novo.

O Brasil é um dos países que mais sofre com estresse e ansiedade devido ao excesso de trabalho – um transtorno conhecido como Burnout. As mulheres são as mais afetadas, visto que não é segredo para ninguém que elas acabam acumulando mais funções.

Sendo assim, quando você trabalha e decide viajar, os benefícios também são inúmeros! Entre eles, destacam-se:

  • Possibilidade de relaxar e descansar;
  • Fugir da rotina estressante;
  • Conhecer novos lugares e pessoas;
  • Experimentar novos pratos e vivenciar culturas;
  • Despertar a sensação de liberdade e segurança.

Pode ter certeza que quando chegar em casa, você se sentirá muito mais leve e pronto para voltar à rotina com tudo.

Viagens com desconto para terceira idade: existe isso?

Sim! Grande parte das agências de turismo oferece desconto para os viajantes idosos, sendo uma forma de estimular o mercado.

Por essa razão, quem tem mais de 60 anos pode aproveitar vários descontos – não só ao fechar um pacote de viagens, mas também para aproveitar os pontos turísticos.

Alguns museus, parques e atrações têm entrada gratuita ou vendem o ingresso pela metade do preço aos idosos. Quer dizer que além de aproveitar todos os benefícios de uma viagem, você ainda pode economizar (e já juntar para o próximo passeio!).

Conclusão

Engana-se quem pensa que a terceira idade é o momento de se isolar em casa e não fazer mais nada, apenas passar o dia tomando café e assistindo televisão. Hoje em dia, os idosos estão muito mais ativos, devido à melhora na qualidade de vida.

Por esse motivo, é o momento de aproveitar para tirar umas férias da sua rotina e cair em uma viagem! Além de ser algo diferente, as viagens também estimulam o bem-estar, contribuindo para a saúde física e mental dos idosos.

O artigo de hoje trouxe algumas das vantagens de viajar na terceira idade, mas os benefícios vão muito além disso. Não é à toa que as excursões de idosos crescem cada vez mais, sendo uma ótima oportunidade para conhecer novos amigos e aproveitar a vida.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.