Você sabe o que é carta de anfitrião?

Você já se viu na situação de viajar para o exterior e, ao notificar que irá se hospedar com um amigo ou familiar, ser solicitada a carta de anfitrião?

Se você já viajou ou pretende viajar para o exterior, com certeza vai passar por isso.

Quer saber o que é e para que serve a Carta de anfitrião? É só continuar a leitura.

Carta de anfitrião: o que é?

Considerado um dos documentos para importantes para a imigração, a Carta de anfitrião ou carta convite é basicamente um comprovante de hospedagem do turista.

Esse documento comprova que o viajante possui condições de se manter no país durante sua estadia, seja para justificar sua situação de moradia ou financeira.

Da mesma maneira que quem precisará das confirmações de reserva, caso se hospede em um hotel ou hostel, quem tem a opção de se hospedar na casa de familiares ou amigos deve ter esse documento.

Ficou curioso para saber mais sobre como conseguir uma carta convite e os modelos? Continua acompanhando!

Quem escreve a Carta de anfitrião?

Obrigatoriamente, quem escreve a Carta de anfitrião é aquele que vai te receber. 

Por exemplo, se você vai viajar para a França e irá de hospedar na casa de uma tia que mora lá, ela deverá redigir uma carta com todas as informações documentais suas e dela para atestar que irá lhe receber por um determinado período.

Caso quem for te receber seja imigrante, é necessário lembrar que essa pessoa esteja com as documentações em dia!

É importante lembrar que, em alguns países, residentes permanentes ou cidadãos podem escrever a carta-convite.

No entanto, em caso de aprovação de visto, o documento não será uma garantia, já que é considerado um “plus” pela alfândega.

Como e quando devo usar a Carta de anfitrião?

Mesmo sendo um documento obrigatório, algumas agências de viagens simplesmente esquecem a obrigatoriedade do documento.

Como dissemos acima, o documento serve como uma espécie de comprovação de hospedagem no país de destino, e que deverá ser apresentado na imigração.

Ao mesmo tempo, a Carta de anfitrião também pode ser usada para solicitar visto em destinos específicos. Mas, antes de se confiar, consulte o consulado do país que você deseja visitar antes de apostar todas as suas fichas nesse documento.

O que não posso esquecer sobre Carta de anfitrião?

Existem alguns detalhes que você não pode esquecer na hora de solicitar a sua Carta de anfitrião para seu amigo ou familiar.

Por isso, vamos listar tudo o que você precisa para ter uma Carta de anfitrião impecável.

Idioma do documento

É muito importante que a carta-convite seja escrita no idioma original do seu destino.

Principalmente se o documento tem o intuito de ser registrado em algum órgão oficial. 

Para evitar transtornos, você pode optar pela escrita em inglês.

Tenha em mãos a carta original

É interessante que você peça ao seu anfitrião o envio da carta original via correios. Dessa forma, quando você viajar, terá o documento em mãos.

Porém, na grande maioria dos países, é comum aceitar um scanner da carta que pode ser enviada por e-mail.

Carta de anfitrião é visto?

Como já mencionamos em alguns parágrafos atrás, a carta de anfitrião não é considerada como um visto para imigração, mas irá te ajudar no processo de conseguir um.

Registro: é necessário?

Se você irá precisar de registro ou não, vai depender das embaixadas e consulados no Brasil. Ou seja, varia de país para país.

Porém, caso você, brasileiro, receba alguém em território nacional, deverá autenticar a carta-convite em um cartório brasileiro.

Sendo assim, o estrangeiro poderá apresentá-lo no consulado, a partir do que diz o Portal Consular.

Posso usar a mesma Carta de anfitrião mais de uma vez?

A resposta é não. Se você viajar novamente, deverá solicitar outra carta-convite para seu anfitrião.

A imigração não irá aceitar uma carta reciclada, mesmo que recente. Por isso, mantenha seu anfitrião informado do seu retorno.

Passo a passo para escrever Carta de anfitrião

Agora você já está bem informado sobre Carta de anfitrião, não é mesmo?

Mas antes de fechar as malas, você precisa saber como orientar seu anfitrião a redigir sua carta!

Escrever uma carta convite é muito simples. Ma existem informações indispensáveis.  Quer saber quais são? Continue a leitura!

As informações necessárias na Carta de anfitrião são, geralmente:

  • Dados do anfitrião: nome, documento de identidade, nacionalidade, profissão, endereço completo da residência e contato;
  • Dados do(s) visitante(s): nome, número do passaporte, nacionalidade, profissão, endereço de residência e contato;
  • Motivo/objetivo da viagem. Em caso de viagem de negócios, incluir dados sobre a empresa;
  • Vínculo/relacionamento entre as partes;
  • Período da viagem: dia em que chegará no país e dia de saída;
  • Termo de responsabilidade financeira, se o anfitrião for responsável por todas as despesas do hóspede durante a sua estadia na sua residência. Caso não arque com as despesas do hóspede, informar na carta que ele tem condições de pagar suas despesas no período em que estiver no país.

Não esqueça de solicitar que seu anfitrião anexe na carta uma cópia do passaporte ou documento de identidade com foto. Apesar de não ser obrigatório, essa prática pode passar mais credibilidade! Com certeza não irá atrapalhar.

Modelo de Carta de anfitrião

Com certeza é mais fácil escrever a Carta de anfitrião com um modelo ao lado, né?

Alguns consulados inclusive já disponibilizam modelos que além de ajudar quem vai te hospedar, provavelmente otimiza o tempo de quem vai ler a carta, possibilitando a retirada das informações mais importantes.

Sendo assim, selecionamos um modelo de Carta de anfitrião para você nunca mais passar perrengue!

Apesar de não existir um modelo oficial. O importante mesmo é que nela estejam todas as informações que serão apresentadas na imigração do país de destino.

Por isso, o modelo que selecionamos foi publicado pelo Itamaraty, no caso de brasileiros que querem hospedar estrangeiros em sua casa. No entanto, esse modelo pode ser adaptado para as necessidades específicas de cada consulado. 

“Prezados Senhores,

Eu (nome do anfitrião, estado civil, profissão, nacionalidade), portador da carteira de identidade (número da carteira de identidade), residente à rua (endereço completo), convido (nome do convidado, nacionalidade, profissão), portador do passaporte (número do passaporte), residente à rua (endereço completo), a visitar-me no período de (início do período) a (fim do período), a fim de (objetivo da viagem).

Esclareço que, durante sua permanência no Brasil, o(a) Senhor(a) (nome do convidado) ficará hospedado(a) no seguinte endereço: (endereço completo).

Comprometo-me a assumir todas as despesas de meu convidado com hospedagem, alimentação e outras que se fizerem necessárias durante sua estada no Brasil.

Atenciosamente,

(assinatura do anfitrião)”

Não esqueça de comprar sua passagem de ida e volta, caso você não possuam a cidadania do país que irá visitar. Além de informar sua situação financeira e a comprovação do seu seguro de viagem.

E aí, gostou das nossas dicas e orientações sobre Carta de anfitrião? Esperamos que sua próxima viagem seja excelente!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Great content! Super high-quality! Keep it up! 🙂