Você sabe o que é Retorno antecipado?

É possível se preparar 100% para uma viagem?

A resposta é talvez! E nós, do Blog da Resolvvi, te explicamos.

Mesmo se planejando com muita antecedência e cobrindo todas as “bases”, alguns imprevistos acontecem.

Imagem estar no meio de uma viagem e receber a notícia que precisa voltar para casa imediatamente. Uma das primeiras coisas que passa pela nossa cabeça é saber se tem direito a antecipar o voo sem fazer gastos inesperados.

É a partir de então que podemos entender melhor o que é Retorno antecipado e quando você pode ter direito ao serviço.

 

O que é Retorno antecipado?

Para a Superintendência de Seguros Privados (SUPESP), retorno antecipado ou regresso antecipado é quando a “indenização, na forma prevista nas condições gerais e limitada ao valor do capital segurado, das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de domicílio ou origem da viagem, ocasionado por evento coberto.

 

A necessidade de antecipar a volta para casa é muito comum entre viajantes, principalmente quando alguns imprevistos surgem.

 

Sendo assim, caso precise acionar o seu direito de Retorno antecipado, o viajante deverá acionar seu seguro de viagem para dar entrada no pedido de antecipação.

 

Após acionar o seguro de viagem, suas despesas com a antecipação do voo serão assumidas pela seguradora. Ou seja, você não irá precisar desembolsar com uma passagem de última hora. 

Quando tenho direito?

Agora você já sabe o que é Retorno antecipado, mas você sabe quando tem direito ao serviço?

 

Existem algumas especificações quando se trata desse tipo de serviço. Além do mais, cada seguradora pode estipular particularidades em caso plano oferecido.

Geralmente, as seguradoras entendem que existe a necessidade de realizar um retorno antecipado quando:

 

  • Acidente pessoal ou enfermidade grave do segurado que impossibilite a continuidade ou o prosseguimento de sua viagem;
  • Morte ou internação hospitalar por período maior que três dias devido a acidente pessoal ou à enfermidade declarada de forma repentina e de maneira aguda do cônjuge, pais, irmãos, filhos ou sogro(a) do segurado;
  • Recebimento de notificação judicial improrrogável para que o segurado compareça diante da Justiça, desde que o recebimento da notificação ocorra durante a viagem;
  • Em caso de incêndio, explosão, inundação ou roubo com danos e violência no domicílio de um beneficiário, enquanto este se encontrar em viagem. E se: não houver ninguém que possa cuidar da situação e seu bilhete original de retorno não permitir a mudança de data.

Nesses casos, as seguradoras acreditam que o viajante que deseja antecipar seu retorno possuem o direito de fazê-lo.

Agora você já sabe quando tem direito ao serviço de uma seguradora na antecipação do seu retorno. Mas você sabe quanto custa?



Como funciona?

 

Como já sabemos, para ter direito ao serviço de Retorno antecipado, é necessário contratar um seguro de viagem, que irá cobrir as eventualidades que podem surgir.

 

Ao contratar um seguro de viagem, você deve estar atento às coberturas que são consideradas básicas. Essas coberturas geralmente estão no escopo médico, como despesas hospitalares, odontológicas e até alguns medicamentos. Além de traslado do corpo, invalidez por acidente durante a viagem e às coberturas complementares, como por exemplo concierge seguro viagem e regresso antecipado seguro viagem.

 

Portanto, o Retorno antecipado é uma das cláusulas que precisa estar em sua apólice antes de viajar. Caso ela não seja acordado com sua seguradora, você irá lidar diretamente com a Companhia aérea para mudar a data do seu voo.

E a Companhia aérea?

Sim, é possível realizar os trâmites de modificação da data de um voo diretamente com a  Companhia aérea. Porém, caso você decida contratar uma seguradora, ela irá cuidar de todo esse processo por você.

 

Caso você queria saber mais sobre seus direitos quando optar por cancelar um voo e pedir o reembolso, clica aqui!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!