Voo cancelado: quais são os meus direitos?

Jesus Hernández da Resolvvi Escrito por Jesus Hernández da Resolvviem 14 de março de 2019
Voo cancelado: quais são os meus direitos?

Você planeja todo o roteiro e aguarda o grande momento da esperada viagem. Quando, na hora do embarque, você vê que teve o seu voo cancelado e já percebe o estresse que terá que passar para resolver a situação. Infelizmente, isso é uma situação até corriqueira no Brasil e é dela que vamos tratar nesse post.

Existem algumas dicas para minimizar o problema, como procurar viajar com empresas que possuem um número diversificado de rotas saindo da cidade de partida, o que torna mais fácil a acomodação, ou buscar os hubs das companhias. Porém, elas são dicas que minimizam o problema, mas não conseguem evitar que ele possa acontecer.

Causas mais comuns de voo cancelado:

  • Condições climáticas
  • Manutenções não programadas
  • Excesso de tráfego aéreo
  • Problemas com a tripulação
  • Volume de ocupação no voo.

Entretanto, o que a maioria das pessoas não sabem , é que não importa o motivo do cancelamento, a empresa aérea é obrigada a fornecer opções de acomodação ou assistência.

Então, ao verificar que teve seu voo cancelado, corra para o balcão e fale com um funcionário da empresa aérea, a ordem de chegada é fundamental para garantir sua reacomodação mais rápida e sem mais problemas.

As companhias muitas vezes tentam oferecer uma possibilidade de reacomodação em um voo de própria escolha, como se fosse sua única opção, uma espécie de “pegar ou largar”. Mas você tem o direito de decidir a melhor opção de acomodação, inclusive em voos de outras companhias aéreas. Já vá sabendo que os funcionários tentarão ao máximo negar esta possibilidade, já que pagam caro para reacomodar passageiros em outras companhias.

Por isso, há uma importância de que você saiba seus direitos e os exija o mais rápido possível, já que a companhia provavelmente irá atender aos que os exigem primeiro. Portanto, não esqueça, quanto mais rápido exigir o direito nesses casos, maior a chance de que ele seja atendido.

Suas opções quando o voo for cancelado:

  • Reembolso integral: todo o valor pago com a passagem, incluindo a taxa de embarque. Porém, saiba que em caso de reembolso integral, a empresa não será obrigada a fornecer assistência material.
  • Remarcação do voo para data e horário de sua conveniência: sem nenhum custo. No entanto, assim como no caso de reembolso integral, a empresa não será obrigada a lhe fornecer assistência material.
  • Embarcar no próximo voo da companhia: para o mesmo destino e com a mesma escala planejada. Neste caso a empresa deve fornecer assistência material, como voucher alimentação, transporte e acomodação em hotel, quando necessário. Caso o passageiro esteja na cidade em que reside, a empresa apenas é obrigada a lhe oferecer transporte de volta para sua residência e o de ida ao aeroporto quando no embarque para o próximo voo.
  • Embarcar em voo de outra companhia aérea: caso essa seja a melhor opção, sem nenhuma taxa adicional por isto.

Você teve problema com voo nos últimos 2 anos?

  • Você pode acessar o site consumidor.gov ou Procon e solicitar o reembolso da passagem ou procurar os seus direitos;
  • Buscar uma indenização online por seu problema de voo sofrido. Existem algumas plataformas que fazem isso para o passageiro, como a Resolvvi.

Leia também: Tive o meu voo cancelado pela Avianca: e agora?

Se você deseja receber mais conteúdo sobre direito dos passageiros deixe seu email aqui:

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!