Polícia Federal restringe serviços de passaportes e de regularização de imigrantes

Desde a última segunda-feira, a Polícia Federal restringiu os atendimentos presenciais para emissão de passaportes e regularização migratória de imigrantes. A medida faz parte do conjunto de ações que diversos órgãos brasileiros estão tomando para prevenis a disseminação do coronavírus (covid-19).

Segundo o G1, a decisão é válida para todo o país. Segundo comunicado oficial, a regra também será válida até para quem havia marcado o compromisso previamente.

Mas antes, quer saber como a Resolvvi pode ajudar você com o seu voo durante a pandemia do Coronavírus? Clique aqui e fale conosco!

plantão resolvvi

“A emissão de passaportes será limitada às situações de extrema necessidade devidamente comprovadas, segundo avaliação da autoridade policial.”

Entrega de passaportes e demais documentos

A entrega da Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), do Documento Provisório de Registro Nacional Migratório (DPRNM) e de passaportes seguirá sendo realizada. Segundo a nova regra:

“No caso do documento de viagem, o requerente tem o prazo de 90 dias, a partir da confirmação da solicitação no posto de emissão de passaporte, para buscá-lo”.

Segundo o comunicado da PF, todos os prazos de vencimento de protocolos e afins serão prorrogados até o final da situação de emergência.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!