Como cancelar a viagem por conta do coronavírus?

As notícias não param: o surto do coronavírus vem tirando o sono de muitos viajantes por aí. Por isso, a Resolvvi resolveu elencar como você pode cancelar a viagem por conta do coronavírus!

Antes de cancelar a viagem por conta do coronavírus, saiba que, sim, você pode viajar! No entanto, existem muitos cuidados que você deve tomar, principalmente para manter a sua saúde durante a sua tão sonhada viagem.

As medidas mais eficazes contra o vírus são simples. Basta a boa higienização das mãos com muitas frequência e evitar tossir protegendo a boca com a mão ou braço.

O ideal é tossir ou espirrar com algum pano que possa ser descartado logo em seguida. Que nem a Phoebe acima!

Veja mais sobre como cancelar a viagem por conta do coronavírus.

Regiões que estão sendo afetadas pelo Coronavírus

Os seguintes territórios, atualmente, são os principais focos da doença:

  • Ásia (principalmente China e Coreia do Sul)
  • Europa (onde os casos cresceram no norte da Itália).

Casos nos Américas já estão começando a circular também, por isso, cuidado!

Recomendações para viajar com segurança e manter a saúde

Idosos e pessoas que já tenham alguma doença redobrem a atenção! Isso porque seus corpos estarão mais vulneráveis a serem hospedeiros do vírus. Outra dica verificada é que os turistas chequem os valores de seus seguros de viagem que cobrem internações e gastos com remédios.

Sobre a alimentação, países têm alertado turistas para evitarem pratos com carne crua ou mal-passada, especialmente porco, vaca e pato.

Cancelar a viagem por conta do coronavírus na Azul

A companhia Azul está oferecendo a opção de reembolso integral da passagem para qualquer passageiro que tenha conexão em Lisboa ou Portugal para chegar à Itália.

Para sanar mais dúvidas, os passageiros podem procurar os canais de atendimento para saber como cancelar a viagem por conta do coronavírus na companhia Azul nos seguintes canais:

  • 4003 1118 (para capitais e regiões metropolitanas)
  • 0800 887 1118 (para demais regiões).
  • Aplicativo
  • Chat da Empresa

Cancelar a viagem por conta do coronavírus na Gol

A companhia Gol opera com voos apenas pela América do Sul, América Central, Miami e Orlando, por isso, não vem sofrendo impacto em relação ao coronavírus.

No entanto, a Gol está analisando a situação do coronavírus de perto e reforça que possui canais digitais para ofertar mais explicações aos seus passageiros, que são:

  • Site Oficial
  • Aplicativo
  • Central de Relacionamento: 0300 115 2121

Cancelar a viagem por conta do coronavírus na Latam

Trabalhando com voos diretos para Milão, capital da Lombardia, a Latam está oferecendo, somente no caso deste trajeto, as regras de remarcação e reembolso para os passageiros com viagem programada ao destino.

Segundo a companhia, os passageiros poderão optar pelas seguintes opções:

  • Remarcação do ticket de viagem para voar até 15 dias após a data original do voo;
  • Remarcação sujeita a disponibilidade do voo e não se aplicam diferenças tarifárias;
  • Remarcação da passagem para voar após 15 dias do voo original;
  • Remarcação sujeita a diferenças tarifárias e validade do bilhete;
  • Alteração da origem/destino sem multa, sujeito a diferença tarifária e validade do bilhete;
  • Reembolso sem taxa.

Também de acordo com a companhia, todos os passageiros que emitiram bilhetes na China também podem ter alteração sem custo. Entretanto, dependendo do destino da viagem. Entenda melhor aqui!

O que o Procon fala sobre cancelar a viagem por conta do coronavírus?

O Procon de São Paulo está orientando passageiros a cancelar ou adiar as suas viagens marcadas para a Itália, China ou outros países com casos comprovados do coronavírus. Como a medida é inédita no mercado, cada cliente deverá negociar com a companhia uma alternativa que seja viável. Entretanto, o órgão afirma que a empresa não pode se recusar a oferecer assistência ao passageiro. Por isso, fique atendo aos seus direitos do consumidor!

Até a última quinta-feira, no dia 27 de fevereiro, 46 países já haviam registrado infecções pelo novo vírus, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O que achou dessa matéria? Entre no blog da Resolvvi para receber mais conteúdos como esse!


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!